LMS – Volume 42 – Capítulo 10 – A Escultura de 2000 Pyeong

Versão em .pdf1: [NovelMania] Volume 42 – Capítulo 10 – A Escultura de 2000 Pyeong (nota integrada)

Versão em .pdf2: [NovelMania] Volume 42 – Capítulo 10 – A Escultura de 2000 Pyeong (nota rodapé)




“Bem-vindo, Lorde-nim.”

“Venha. Estávamos esperando.”

Robin foi recebido por soldados alinhados quando entrou na Aldeia Ars, que estava sob sua jurisdição. Cerca de mil soldados e outros residentes tinham sido despachados pelo Império Haven.

“Esta aldeia parece boa para começar. Há muito espaço para desenvolvê-la.”

Robin usou seu dinheiro para comprar uma posição de lorde no Norte em uma das vinte aldeias remotas da região e veio imediatamente para o local.

Não tinha passado muito tempo desde o fim da guerra, mas nenhum usuário poderia ser encontrado em tais aldeias porque não havia missões, especialidades ou guildas mercenárias.

“Em que área eu deveria me concentrar para desenvolvê-la rapidamente? Acho que eu deveria começar com as instalações básicas de uma aldeia primeiro, certo?”

Robin decidiu tirar vantagem do modo de assuntos internos. Ele gastou 9 milhões de moedas de ouro para a aldeia.

A Aldeia Ars está experimentando uma abundância financeira.

Os moradores estão surpresos com o enorme investimento realizado em decorrência da riqueza do lorde.

Os moradores esperam um futuro brilhante para a aldeia se investimentos forem realizados na áreas de lazer, segurança pública e economia.

A reputação da aldeia aumentou em 5 pontos.

A segurança pública melhorou.

“O dinheiro deve ser gasto apropriadamente.”

Robin expandiu amplamente as ruas do centro da aldeia com o modo de assuntos internos.

“Ao formar a espinha dorsal de uma cidade, deve-se levar em consideração a perspectiva de crescimento futuro. Quando se trata do plano de tráfego de uma cidade, não é aceitável que as ruas fiquem apertadas à medida que a população e os viajantes aumentam.”

Uma fonte gigante foi instalada na praça e ruas largas para carruagens foram abertas. No distrito comercial, o lorde instruiu que os residentes construíssem edifícios de pedra com a adição de tijolos vermelhos e brancos.

Como as pedras seriam movidas diretamente pelos residentes, era necessário que o lorde definisse o valor dos salários. Naturalmente, era impossível ter um trabalho forçado não remunerado.

“Eles só precisam de 2 moedas de prata por dia para a lealdade ser mantida? A aldeia se desenvolverá mais rapidamente se os moradores receberem dinheiro. Dinheiro não é algo que deve ser economizado.”

Os moradores mobilizados receberam a quantia de 5 moedas de ouro por dia. Assim, até mesmo crianças pequenas e idosos participaram da construção dos edifícios no distrito comercial.[1]

“Eu preciso basicamente criar lojas de armas, armaduras, móveis, de departamento e mercearias… vamos ver, esta aldeia não é ruim e pode transformar-se em um centro comercial no futuro. Como já existe uma área de pasto nas redondezas, não seria interessante criar gado, ovelhas e cavalos?”

A criação de gado era uma atividade comercial muito popular no Norte. Era fácil conseguir gado de excelente procedência e eles poderiam pastar como desejassem nas vastas planícies. Era muito comum ver caçadores deslocando rebanhos contendo cerca de mil cavalos ou cabeças de gado.

“Contudo, as ruas ficarão sujas quando as vacas entrarem na cidade. Além disso, o comércio de cavalos desenvolve-se no nível mais baixo do mercado.”

Robin corajosamente desistiu da criação de gado e outros animais.

Ele também não gostava do setor agrícola. Na verdade, devido à natureza da profissão, os fazendeiros tendiam a não ter grandes rendimentos. Além disso, como precisavam limpar as terras ao redor da aldeia, o panorama estético pioraria.

Havia somente alguns milhares de usuários com a profissão de fazendeiro, então eles não conseguiam utilizar adequadamente a extensão das vastas planícies. Assim, por razões realistas, eles não tinham a capacidade de defender-se dos ataques de monstros.

Mesmo com a criação de celeiros, a segurança pública e a lealdade dos residentes diminuiriam se os monstros continuassem a saquear as colheitas. No futuro, as chances de incursões de monstros aumentariam, então Robin desistiu da pequena renda do setor agrícola.

“Minha cidade deveria ser o centro do turismo, finanças e produção de itens luxuosos. Para isso, preciso usar a estratégia correta e investir pesado logo no início. Meu pai ficou à frente dos outros devido aos investimentos ousados que realizou.”

Muitas das aldeias do Norte foram apontadas pela Guilda Hermes para lordes como Robin.

Do ponto de vista do Império Haven, a nomeação de lordes deveria ser realizada rapidamente para promover a estabilidade e o desenvolvimento. Em troca, os lordes receberiam uma riqueza considerável com a venda de materiais por dinheiro assim que as aldeias e cidades se estabilizassem.

Este tipo de acordo beneficiaria muito o Império Haven.

Robin pensou que o Norte valia mais. Se a aldeia crescesse e se transformasse em uma cidade, sua posição política e honra aumentariam. Se isso ocorresse, ele usaria seu dinheiro para tornar-se um dos lordes mais influentes do continente.

“Vamos construir também um Centro de Treinamento para ferreiros e artesãos de pedras preciosas. Uma casa de leilões e uma variedade de acomodações são necessárias para desenvolver a indústria do turismo.”

Ele plantou árvores raras para decorar a paisagem do lado de fora da aldeia e construiu cerca de cento e cinquenta acomodações de luxo.

Há uma multidão que deseja trabalhar na Aldeia Ars.

A população ultrapassou o número de 3.000 pessoas.

“A aldeia está crescendo rapidamente devido às oportunidades de trabalho. Minha aldeia já tem a maior população da região. Embora o desenvolvimento inicial seja lento… em algum momento ele aumentará drasticamente.”

O investimento de 9 milhões de moedas de ouro significava que a aldeia já não estava mais subdesenvolvida. Havia novos edifícios luxuosamente decorados.

Robin recebeu um adicional de 4 milhões de moedas de ouro do Império Haven. É claro, tal quantia significativa em dinheiro não era de graça.

“Com este dinheiro eu construirei uma moradia permanente. Se eu construir um castelo grande e maravilhoso que ninguém possa superar… a reputação da aldeia subirá com a quantidade de turistas, bem como a autoridade do lorde se estabilizará no futuro. Os cavaleiros também jurarão lealdade a mim.”

A presença de um castelo era essencial para o reinado de um lorde. Uma enorme quantia em dinheiro deveria ser investida para sua construção, mas claramente havia efeitos positivos.

Comerciantes do Continente Central chegaram na Aldeia Ars e começaram a vender materiais de construção e artigos de luxo. Muitos dos materiais de construção eram difíceis de obter diretamente. No passado, as cidades eram construídas com pedras de excelente qualidade vindas a partir de cidades-estados e principados.

E assim, o desenvolvimento da Aldeia Ars continuou. Os moradores estavam ficando cada vez mais ricos e o poder econômico decolou rapidamente. A aldeia estava lotada de comerciantes e turistas vindos do Continente Central.

“Se todas as pessoas nas proximidades vierem até minha aldeia… eu também aceitarei os residentes afetados pela guerra no Continente Central. Sim, meu dinheiro significa que eu posso alcançar a velocidade de desenvolvimento de Morata.”

Robin lançou um projeto de construção de casas. Devido à habitação ser muito barata, quase sem impostos e com excelentes instalações, o número de moradores começou a crescer a uma base diária.

 

***

 

Weed perambulou ao redor da fronteira do Reino Arpen. Ele estava procurando por territórios de caça famosos baseado nas informações reunidas a partir de fóruns.

O título “Lutador Que Gosta de Caçar” foi adquirido.

Um título dado àqueles que caçam monstros perigosos e desenvolvem suas próprias forças.

Qualquer pessoa que tenha esse título não recuará frente ao inimigo.

– O atributo Espírito de Luta aumentou em 10 pontos.

Realizações notáveis devido à caça! Em um curto período de tempo, Weed ganhou cinco níveis. Mesmo assim, ele ainda estava no nível 427.

“Ainda há um longo caminho a percorrer.”

Weed perguntou a Seoyoon:

“Você ganhou alguns níveis?”

“Um pouco.”

“Quanto?”

“Estou no nível 471.”

“Heuheuheuk! É como se meu estômago tivesse inchado subitamente. A pajeon[2] que eu comi semana passada deve ter me dado dor de barriga. A propósito, isso não é importante, mas qual é o nível da sua habilidade Manejo de Espada?”

“Nível avançado 8. Acho que ela alcançará o nível 9 hoje.”

“Heoheok, parece que a pajeon está voltando para minha garganta.”

Weed tinha perdido muitos níveis na missão relacionada à última técnica secreta em esculpir. Ele estimava que Bardray tinha alcançado pelo menos o nível 500. Era como ficar faminto a semana inteira para depois comer apenas uma batata-doce.

“Eu não perderei tempo com outras pessoas enquanto aumento meu nível.”

Weed também visitou a área central do Reino Arpen, localizada entre Morata e o Castelo Vent. Os fóruns possuíam uma quantidade opressiva de informações detalhadas sobre os territórios de caça no centro do reino.

Os usuários se retiravam das masmorras depois de limpá-las, então estes eram locais de caça decentes.

“Cozinharemos uma deliciosa sopa de frutos do mar no local de caça. Por favor, apenas pessoas com experiência em masmorras lotadas.”

“Vendo uma variedade de arranjos de flores. Preços acessíveis, incluindo flores silvestres. Não pergunte sobre a procedência dos arranjos.”

“Novas unidades do Culto Mingau de Grama nasceram, tais como a Unidade Mingau Lanche da Meia-Noite! Além disso, as Unidades Mingau de Frango, Mingau de Junta de Porco, Mingau de Bossam[3] estão à procura de novos membros. A Unidade Mingau de Trigo fornecerá bebidas de cevada!”

Devido à multidão de pessoas nas entradas das masmorras famosas, um mercado paralelo foi formado. Weed percebeu tal fato depois de voltar para a região central do Continente Norte a partir da periferia.

A região possuía uma boa localização com vastas planícies e rios, o que propiciava o surgimento de aldeias que exploravam o corte de madeira, as quais gradualmente cresciam com o passar do tempo. A população destas aldeias era especialmente formada por jovens.

“Weed-nim governa o Reino Arpen. Os reis e nobres são os mesmos, mas eu consigo confiar em Weed-nim.”

“Mesmo se estivermos nas profundezas do inferno, poderemos aguentar se juntarmos forças.”

Uma procissão de caçadores e lenhadores que continuavam a trazer suas esposas e famílias.

No passado, grandes aldeias foram formadas nas localidades que possuíam vestígios do Império Niflheim. A maioria delas estava em locais propícios para o transporte, próximas a rios ou planícies.

As razões citadas pelos livros de história para o florescimento das cidades do Império Niflheim estavam sendo recriadas neste exato momento.

Algumas das aldeias cresceram e se desenvolveram mais cedo em razão do estabelecimento de jogadores à procura de caça ou aventuras.

Weed foi capaz de vivenciar a evolução do Reino Arpen através de sua viagem. As características de cada cidade estavam sendo distintamente desenvolvidas.

As áreas rurais continham edifícios do antigo Império Arpen e a maior taxa de natalidade significava que mais guerreiros estavam sendo treinados. Edifícios como fortalezas e celeiros foram construídos para prevenir a incursão de monstros.

À medida que as aldeias cresciam, mais residentes surgiam, mais o comércio se desenvolvia e uma variedade maior de edifícios eram construídos.

Edifícios do período de guerra também foram construídos tão logo as condições necessárias fossem cumpridas, tais como Centros de Treinamento Para Soldados do Reino Keltun ou Centros Comerciais do Reino Mapon.

Quanto ao Castelo Vent, ele mantinha a arquitetura elegante e luxuosa formada por pedras do Império Niflheim. Tal construção tinha exigido muito tempo e mão de obra, mas acrescentava um valor histórico e cultural à região.

Weed concedeu alguns benefícios como rei ao perambular pelas regiões. Edifícios fortes poderiam quebrar a harmonia geral do ponto de vista estético, mas havia muitos aspectos positivos para o desenvolvimento das cidades em razão dos benefícios que eles traziam.

O Reino Arpen era um lugar colorido e interessante.

Os Ellyons[4], que usavam chapéus e roupas verdes, rapidamente espalharam-se pelo Norte. Devido à sua natureza como fadas, eles se alimentavam do orvalho à noite e tinham uma grande facilidade em fazer novos amigos.

Inicialmente, eles permaneceram escondidos na natureza, mas logo começaram a visitar as aldeias. A presença dos Ellyons nessas regiões garantiu o desenvolvimento das minas e o aumento da taxa de crescimento dos grãos.

Por outro lado, os Arnins[5] tinham o papel de cuidar dos animais domesticados, tais como gado, porcos e ovelhas. Havia apenas alguns Arnins, mas cada um deles poderia cuidar de milhares de animais.

Em particular, os Arnins poderiam domar predadores perigosos como tigres de dentes de sabre e grifos, por isso valia a pena aguardar pelo futuro. Uma vez que os usuários ficassem familiarizados com tais predadores domesticados, poderia surgir a profissão de cavaleiros de grifos ou de tigres. Eles seriam excelentes na guerra ou para aumentar a eficiência das caçadas e aventuras.

Levaria muito tempo para conectar as estradas da periferia com as da área central do Reino Arpen, o que impediria a expansão rápida da esfera de atividades dos usuários. Contudo, essas limitações poderiam ser superadas rapidamente caso os grifos pudessem ser usados ativamente.

“Hmm, o desenvolvimento está indo rápido. Falando nisso, deve haver missões bem organizadas.”

A normalização do Continente Norte. Apesar das áreas subdesenvolvidas, havia várias vantagens em relação ao Continente Central que tinham emergido em razão das aventuras de Weed.

Além disso, os aventureiros e comerciantes estavam contribuindo enormemente para o Reino Arpen. Este tipo de desenvolvimento tinha diversas vantagens sobre aquele ministrado pelo Império Haven.

Um bom exemplo disto era a reconstrução de grande escala de Mordred, antiga capital do Império Niflheim, que estava sendo encabeçada principalmente pelos comerciantes.

“Uma quantidade excessiva de mercadorias precisa ser transportada para cá.”

“Se usarmos o rio e as planícies, as mercadorias podem chegar rapidamente ao seu destino.”

“Artefatos também estão sendo encontrados com frequência. Não podemos esquecer que nossos comerciantes estão desenvolvendo o reino.”

Mordred ocuparia o centro da rede de transporte e logística do Norte tão logo fosse restaurada inteiramente.

Em termos de localização, Morata estava bem no meio do Continente Norte, mas não tinha acesso direto a todas as regiões devido a barreiras naturais, como cordilheiras e rios. Por outro lado, Mordred estava justamente no ponto de encontro das áreas ao Norte e Oeste do Reino Arpen.

No passado, Mordred tinha sido a capital do Império Niflheim, mas foi abandonada e tornou-se um paraíso para os monstros.

– Um grupo está indo explorar as Ruínas Vermelhas perto de Mordred. A caçada durará cinco dias e, em seguida, o grupo retornará.

– Precisamos de magos! Um grande grupo com dez ou mais magos está indo caçar em Mordred.

Como Mordred não era uma masmorra propriamente dita, ela tornou-se o paraíso para os magos.

Uma expedição foi organizada com pelo menos mil usuários para derrotar os monstros. Como havia uma grande quantidade de monstros, seria difícil para eles se organizarem e realizarem uma incursão violenta em grupo contra a expedição, mas eles poderiam se esconder nas montanhas ou calabouços das proximidades.

Além da expedição, o exército do Reino Arpen começou a vir periodicamente para a região para lutar contra os monstros após o cessar-fogo. O resultado foi que os monstros foram reduzidos até uma certa extensão e os detritos puderam ser limpos para o início do projeto de reconstrução.

Mordred costumava ser uma metrópole com uma população de mais de um milhão de pessoas durante a época do Império Niflheim. A escala de seus edifícios era indescritível, mas eles estavam sendo gradualmente restaurados a partir da periferia. Além disso, depois que os arquitetos construíssem o novo Palácio Real, eles seriam despachados para Mordred.

Havia muitas pessoas interessadas em arquitetura no Reino Arpen. Isso ocorria porque não havia mais nada a ser feito no Continente Central, pois seus edifícios e cidades já estavam concluídos.

Por outro lado, havia muito trabalho a ser feito no Norte. Os arquitetos precisavam criar suas próprias estradas, aldeias e a infraestrutura dos lugares onde as pessoas viveriam. Como consequência, muitos arquitetos novatos ganharam muita experiência ao restaurar Mordred.

O desenvolvimento do Reino Arpen só foi possível devido à colaboração entre arquitetos e comerciantes.

“Arquitetura é uma profissão muito atraente. A essência é o trabalho manual, mas há infinitas possibilidades no futuro.”

Weed assistiu ao desenvolvimento do Reino Arpen a partir das ruas. Ele tinha começado no Reino Rosenheim, mas o Reino Arpen tornou-se sua nova casa antes que ele percebesse, causando-lhe uma sensação confortável.

Usuários ocupados com suas atividades, correndo ao redor das lojas para comprar produtos baratos ou simplesmente descansando, todos eles eram residentes do reino.

“Eu não estou longe de dominar a habilidade esculpir.”

Enquanto viajava ao redor do Reino Arpen, Weed havia criado algumas belas peças e obras-primas. Como consequência, as habilidades Artesanato e Esculpir estavam atualmente no nível avançado 9, em 97%. Mais um passo e ele alcançaria o nível mestre.

Ele estava se aproximando do último estágio porque também estava evoluindo a última técnica secreta, Esculpindo o Tempo, a qual havia alcançado os 64% do nível iniciante 8.

Dominar a habilidade em esculpir era algo muito difícil e tinha um significado simbólico, mas a habilidade Esculpindo o Tempo era absoluta e ele tinha grandes expectativas para quando ela alcançasse o nível intermediário.

“Eu entendo o motivo de nenhum mestre de profissão ter aparecido até agora.”

A Missão Mestre de Profissão era realmente um grande tópico entre os usuários, mas até o momento ninguém tinha dominado qualquer profissão.

Especificamente quanto a Missão de Mestre Escultor, havia a necessidade de esculpir novas obras depois de inúmeras tentativas para aumentar a proficiência das habilidades. Contudo, não importava quantas esculturas similares você fizesse, a proficiência não aumentaria muito.

Weed tinha viajado por todo o continente e usado todos os tipos de materiais para criar esculturas, mas ainda assim não tinha virado mestre. Mesmo com o uso da habilidade ‘Esculpir o Luar’ ou com a utilização ocasional da habilidade ‘Ferraria’, ele somente tinha se aproximado de dominar sua profissão.

‘Não, talvez eu a teria dominado se tivesse desistido de tudo para me concentrar apenas nela.’

Weed tinha experiência em dominar habilidades. Durante a missão relacionada à última técnica secreta em esculpir, ele tinha se tornado um Mestre Espadachim em um fluxo de tempo passado.

Naquela época, ele tinha alcançado o nível 680 ao derrotar os monstros mais fortes que existiam. Trabalho duro era a verdadeira maneira de se tornar um Mestre Espadachim!

“Se eu a evoluir de maneira harmoniosa, eu posso ser capaz de me tornar um Mestre Espadachim em um nível muito mais baixo.”

Atualmente, ele poderia ser capaz de dominar a habilidade Maestria com Espadas com seu nível ainda na casa dos 400.

Tirando seu nível e habilidades, Weed também tinha preocupações sobre Bardray. Comparado com Geomchi, o nível dele já era suficiente para tornar-se um Mestre Espadachim.

“Se me for dada a oportunidade, eu conquistarei os melhores campos de caça e alcançarei o nível mestre sem demora.”

Contudo, Bardray não treinava cegamente suas habilidades básicas. Por causa de seu nível geral e diversidade de habilidades ofensivas, ele ainda não tinha conseguido dominar a Maestria com Espadas. O fato de ter acesso a armas, armaduras, missões e subordinados excepcionais significava que Bardray não dava muita atenção a tal habilidade elementar.

“Não é só Bardray. Neste estágio, ninguém ainda alcançou o nível de Mestre de Profissão.”

Weed não ouviu nenhum boato sobre o surgimento de quaisquer mestres.

Algumas profissões eram dignas de atenção. As profissões relacionadas ao combate possuíam tantos competidores que, cedo ou tarde, alguém alcançaria o nível mestre, quer fosse Bardray ou não. No entanto, tal feito não era fácil para eles, tendo em vista que perderiam proficiência de suas habilidades caso morressem em combate.

Por outro lado, as profissões de produção tais como ferreiros e alfaiates eram diferentes. Em particular, o ferreiro Fabio estava significativamente à frente de Weed na última vez em que se encontraram.

“Tenho certeza de que ele está bem próximo de dominar a habilidade Ferraria. Humm…”

Weed não estava obcecado com a ordem de quem se tornaria mestre primeiro. Aquele que realizasse tal façanha receberia uma grande honra, mas por que ele se importaria? Ele ficaria satisfeito por apenas dominar a habilidade Esculpir e conseguir usar livremente a habilidade Esculpindo o Tempo.

“É claro, mesmo que a ordem não me importe, eu desejo ser o primeiro a virar mestre.”

Weed continuou a caçar e a fazer esculturas, visto que não tinha mais nada para fazer. Ele já tinha cuidado dos investimentos e o Reino Arpen desenvolver-se-ia por si próprio a partir de agora.

“É assim que a vida é. Minhas pernas se esticarão quando eu dormir à noite e quando for ao banheiro pela manhã.”

Weed não possuía um grande segredo para aumentar seu nível. Se não estivesse caçando ou em uma enorme aventura, ele estaria esculpindo! Além disso, ele optaria por masmorras e missões simples, de modo que levasse apenas um ou dois dias para concluí-las.

“Eu preciso fazer uma peça que aumente a proficiência da habilidade Esculpindo o Tempo.”

Esculturas menores poderiam ser concluídas quase que instantaneamente. Uma raposa brilhante ou um lobo idêntico ao de verdade eram exemplos de esculturas que continuavam a ter uma popularidade elevada entre os usuários. Mesmo assim, elas seriam de pouca ajuda para Weed tornar-se um Mestre Escultor, pois aumentavam a proficiência em menos de 0,1% por serem peças com qualidade abaixo de obra-prima.

Era por este motivo que as profissões artísticas ou de produção eram tão difíceis de dominar.

“É por isso que as pessoas se concentram em trabalhos em massa. É difícil ter inspiração na arte.”

Weed subitamente imaginou uma escultura que só ele poderia fazer.

‘Eu deveria me aproveitar das habilidades Esculpindo a Natureza e Esculpir o Luar. Uma enorme obra magnum opus… algo que os outros não possam copiar. Uma escultura que somente eu possa fazer.’

Agora que ele estava prestes a se tornar um Mestre Escultor, suas preocupações estavam aumentando. Como resultado, uma ideia repentina surgiu!

“Meu conhecimento… eu deveria usar o conhecimento adquirido por viajar ao redor do continente. Eu sou uma das pessoas que melhor conhece o Continente de Versalhes. É claro, tenho plena consciência de que a escultura não será exatamente igual.”

Honestamente, Weed não estava muito confiante. Todavia, ele pensou que poderia tentar.

“Ok, vamos fazê-la!”

Depois de refletir, ele decidiu fazer uma escultura gigante!

Ele se estabeleceu em um local perto de Mordred e decidiu fazer uma escultura com, pelo menos, 2.000 pyeong[6]. O tema da escultura seria o Continente de Versalhes.

De Las Phalanx, no extremo Norte, ao Deserto da Tranquilidade, no Sul. As grandes ilhas localizadas no mar à Leste e as florestas a Oeste. Lagos, montanhas, oceanos e as cidades seriam incluídos nesta peça que representaria o Continente de Versalhes. Em razão da escala enorme da peça, ele primeiro precisava esculpir os rios e os oceanos para delimitar a estrutura básica.

“Eu deveria usar a habilidade Esculpindo a Natureza para criar chuva e neve. A área do deserto deve ter um sol brilhante.”

Só de pensar nisso fez seu corpo tremer.

“Eu tenho que manter a modéstia. Caso contrário, não merecerei ser chamado de um artista de verdade.”

Nos tempos medievais, havia alguns artistas gênios de renome que tinham concluído incríveis obras de arte ao longo de anos ou décadas. Mesmo que uma obra de arte não tivesse um tamanho colossal, ainda assim era necessário muito esforço para concluí-la.

“Arte é sinônimo de trabalho árduo. Não há arte sem esforço. Se você mergulhar de cabeça no trabalho, a qualidade artística virá como consequência.”

Com uma picareta e pá em mãos, ao invés da faca de esculpir, Weed começou a criar o Continente Norte. Como tinha visitado a fronteira recentemente, ele estava confiante de que poderia representar com exatidão a topografia da região.

No entanto, à medida que continuasse a esculpir o continente, ele teria que frequentemente recorrer à sua memória. Ele tinha uma vaga ideia de quantas montanhas existiam, mas não tinha certeza da exata localização da costa litorânea.

Não obstante, como uma obra de arte, não havia necessidade de que ela se parecesse exatamente com o continente real. Ainda assim, ele poderia pesquisar em livros ou ir para os locais para vê-los pessoalmente.

O Wyvern-3 era excelente para percorrer distâncias curtas e longas, mas havia outra maneira.

“Yurin, eu vou lhe comprar algumas roupas.”

“Oppa, o que você quer que eu faça?”

“É que…”

Las Phalanx, o lugar que o chocou no passado! Eles visitaram o local onde os vulcões explodiam como fogos de artifício durante um festival para caçar e identificar a topografia.

Em seguida, eles foram para Polo Sul. Na verdade, esta ainda era uma área desconhecida e inexplorada, mas Yurin conseguiu desenhar uma imagem tomando como base alguns livros de história.[7]

“Oppa, eu encontrei alguns livros sobre o Polo Sul na Grande Biblioteca…”

“Eu não estou interessado. É apenas um livro.”

“Ele fala sobre uma pilha de tesouros.”

“Onde? Vamos lá!”

Eles visitaram o lugar indicado pelo livro com o uso da habilidade Teletransporte de Imagem.

Weed e Seoyoon já tinham vivenciado o frio severo do Norte, então sabiam como se vestir apropriadamente. Yellowy e Geumini também vieram com roupas de frio e a Fênix igualmente foi trazida.

Embora ele estivesse preparado, o Polo Sul estava em um nível completamente diferente.

Você chegou ao Polo Sul.

Por olhar para as vastas extensões de geleiras, o atributo Coragem aumentou permanentemente em 6 pontos.

Você está sentindo um frio severo.

Sua capacidade física foi reduzida.

As roupas endureceram e a durabilidade diminuiu em razão do vento e do frio.

Swaeeeenng!

Até mesmo o som do vento era diferente. Um vento rápido e frio.

“Bem… é assim mesmo. Logo… vocês serão capazes de se adaptar.”

Weed acreditava que possuía a capacidade de sobrevivência superior à de uma barata. No entanto, depois de ver um pinguim morrer de frio não muito longe dali, ele mudou de ideia.

Os únicos territórios de caça ao arredor estavam repletos de Espíritos de Gelo, seres misteriosos desprovidos de vida. O grupo de Weed mal conseguiu manter suas vidas quando decidiram caçá-los.

A Fênix gemeu e disse:

“Este não é um lugar onde devemos ficar, mestre.”

“Eu também acho… não, eu não me importo, mas se você acha que devemos voltar, então vamos voltar.”

Como não havia qualquer masmorra para se esconder, o grupo montou na Fênix e mal foi capaz de retornar. Yellowy quase morreu congelado e sobreviveu por pouco.

Eles vivenciaram esta parte do continente com seus próprios corpos. Um ambiente especial que era tão desafiador quanto as Dez Zonas Proibidas.

Caçar, verificar o terreno e esculpir!

Weed recebeu muita ajuda de Yurin e Seoyoon. Enquanto Yurin o levava para todos os lugares, Seoyoon lia livros sobre a topografia do continente na Grande Biblioteca. Em razão da escala da escultura ser tão grande, até mesmo as formas de vida esculturais como Yellowy, Wyverns e Bingryong foram mobilizadas.

“Ummoooooo.”

Yellowy arou o local que representaria os mares e rios.

“Este é um vasto pedaço de terra, mas há poucos materiais para criar a escultura.”

Os Wyverns ficaram incumbidos a trazer pedras e argila a partir de outras localidades. Quanto ao Bingryong, a ajuda dele era necessária para a criação dos Polos Sul e Norte.

“Fique aí mesmo. Agora solte um sopro de gelo.”

O Sopro de Gelo foi essencial para a criação das esculturas de gelo e, após uma semana de trabalho árduo, o Continente Norte foi concluído.

Em contraste, o Continente Central era bem conhecido por todos, de modo que Weed não precisou fazer qualquer pesquisa sobre sua topografia. Não obstante, essa parte do Continente de Versalhes era extremamente difícil de expressar em uma escultura, pois os rios, estradas e aldeias eram complexos e estavam intrinsecamente conectados.

Já o Continente Sul era composto, em sua maior parte, por um vasto deserto, tornando-o fácil demais de se esculpir!

Por fim, as Regiões Leste e Oeste do continente não eram simples, mas ele conseguiu expressá-las com exatidão. Até mesmo os acampamentos orcs, nas proximidades das Planícies do Desespero, foram claramente representados.

Weed passou dois meses fazendo a escultura. Ele visitou dezenas de lugares e também caçou um pouco para recuperar o tempo perdido.

Informações sobre masmorras famosas e áreas de caça foram obtidas e ele as concluiu com a ajuda de Seoyoon. Como não estava se concentrando inteiramente na caça, ele só conseguiu subir dois níveis durante este período.

“Agora ela está 80% concluída.”

Weed estava ficando cada vez mais confiante à medida que criava a escultura.

Era impossível expressar o continente exatamente como ele era em Estrada Real. Weed poderia dar o seu melhor, mas ainda assim erros apareceriam se você olhasse para os detalhes. No entanto, como a escultura tinha a escala incrível de 2.000 pyeong, ela estava obrigada a ser uma magnum opus quando fosse concluída.

Geumini desempenhou um papel especialmente importante na criação da escultura.

“Certifique-se de não danificar a escultura ao pisar nela.”

“Gol gol gol gol, eu terei cuidado.”

“Esta é uma oportunidade para você participar da criação de uma obra de arte. Geumini, esta não é uma experiência rara?”

“Usando este precioso corpo para retirar ervas daninhas, eu realmente conheci o mestre errado.”

Uma forma de vida escultural sendo usada para retirar ervas daninhas!

Outros usuários que estavam na região ficaram surpresos ao ver a escala da escultura de Weed. Entretanto, não era fácil de perceber que a escultura representava o Continente de Versalhes à primeira vista.

A escultura possuía fortalezas, aldeias e montanhas. Os distritos comerciais, áreas residenciais, ruas e edifícios grandiosos foram todos reproduzidos. Os rios fluíam na direção correta e a água do mar era azul. O porto tinha pequenos veleiros de madeira navegando ao longo das correntes marítimas em direção ao grande oceano.

Weed pediu que os elfos plantassem sementes especiais em locais específicos. Assim, também havia campos dourados e celeiros. Havia até mesmo túneis onde as minas deveriam estar.

Quando chovia, a terra encharcava e o nível dos rios subia, fazendo com que suas águas fluíssem em direção ao oceano. Os vulcões de Las Phalanx ocasionalmente emitiam fumaça real e entravam em erupção. Outro ponto de extrema importância, digno de nota, era que havia circulação constante de ar em todo o continente.

No início, Weed pretendia fazer apenas um mapa para representar o continente, mas a escultura foi se tornando cada vez mais complexa e sofisticada com o passar do tempo.

Quando se olhava para a escultura, o Reino Arpen ainda dava a impressão de ser uma área rural quando comparado com o próspero e desenvolvido Continente Central. Contudo, essa região continha belas esculturas tais como a Torre da Luz e a estátua da Deusa Freya, que também foram representadas na obra final.

Como não havia mais nada para ser esculpido no chão, Weed voltou sua atenção para o céu.

“O mundo não se resume a terra. Naturalmente, os imóveis são muito importantes, mas a escultura ainda não está pronta.”

A escultura já tinha nuvens de chuva, mas o céu também deveria ter um sol e estrelas.

“Esculpir o Luar!”

A habilidade Esculpir o Luar foi usada para produzir constelações no céu. Estrelas brilhantes, a lua e o sol foram criados!

Além disso, a habilidade Esculpindo o Tempo foi utilizada para criar um fluxo natural para tais corpos celestes.

A escultura criou um milagre à medida que o sol, lua e estrelas moviam-se enquanto iluminavam o chão. Como resultado, a peça representando o Continente de Versalhes ficou ainda mais bonita.

“Eu cometi um erro. 2.000 pyeong foi uma escala muito pequena. Eu deveria ter feito uma escultura com mais de 10.000 pyeong[8].”

Devido ao limite da escala da escultura, o nascer e pôr do sol não puderam ser expressados perfeitamente. No entanto, Weed decidiu concluir a escultura mesmo assim. Se ele se entregasse à ganância sem fim, a escultura nunca seria concluída.

Uma escultura construída com base nas habilidades Esculpindo a Natureza e Esculpindo o Tempo.

“Está pronto. Eu ainda tenho arrependimentos, mas… lamén mal cozido ainda é delicioso.”

– Por favor, estabeleça o nome para sua nova escultura.

“O Continente de Versalhes.”[9]

– ‘O Continente de Versalhes’ está correto?

“Bem, espere um minuto. Um nome melhor… deveria ser ‘A Vida no Continente de Versalhes’?”

– ‘A Vida no Continente de Versalhes’ está correto?

“Isso ainda parece um pouco estranho… vamos apenas com ‘Mundo Bonito’.”

– ‘Mundo Bonito’ está correto?

“Sim. Eu não consigo pensar em nenhum outro nome legal.”

Mundo Bonito:

A escultura ‘Mundo Bonito’ foi concluída. Uma Magnum Opus da natureza! 

Uma escultura absolutamente imortal criada ao utilizar o processo da natureza!

O nome ‘Weed’ não pode ser deixado de fora da história das esculturas. Suas realizações notáveis e magnífico trabalho conduziram à presente obra escultural.

Uma escultura que representa todo o Continente de Versalhes. Ela mostra uma sofisticação e vitalidade surpreendentes.

O valor artístico da escultura é elevado, mas ela também revela aspectos ocultos da geografia do continente.

Todo mundo amará esta escultura, que vive e respira.

Valor Artístico:

14.261 pontos.

Efeitos Especiais:

A vitalidade de todos os animais e plantas dentro de um raio de cem quilômetros aumentará.

Por ser uma fonte de vida, a escultura aumentará os pontos de vida e mana dos visitantes em 55% durante uma semana.

Todos os atributos aumentarão em 24 pontos cada.

Como novos conhecimentos sobre a geografia e topografia do continente foram obtidos, os atributos Inteligência e Sabedoria aumentarão permanentemente em 2 pontos cada.

Aventureiros serão capazes de obter a habilidade ‘Observação Intuitiva’.

A taxa de natalidade e crescimento de animais e plantas próximos a escultura aumentará.

A natureza da área circundante será purificada.

Número de Magnum Opus da Natureza Concluídas Até Agora: 

2

 

– A proficiência da habilidade em esculpir melhorou.

– A proficiência da habilidade de artesanato melhorou.

– Fama aumentou em 9.384 pontos.

– O atributo Arte aumentou em 25 pontos.

– O atributo Sabedoria aumentou em 3 pontos.

– O atributo Inteligência aumentou em 14 pontos.

– O atributo Discernimento aumentou em 2 pontos.

– A Afinidade Com a Natureza aumentou em 65 pontos.

– Todos os atributos ganharão um adicional de 3 pontos cada por criar uma Magnum Opus.

– A relação entre todas as espécies, exceto os monstros, melhorará e elas tornar-se-ão mais amigáveis.

A proficiência da habilidade Esculpindo o Tempo atingiu o nível 10 e ela evoluiu para o nível intermediário.

Você recebeu um grande esclarecimento sobre o tempo.

Agora você pode usar a habilidade ‘Esculpindo o Momento’ para parar o mundo.

Nem os deuses poderão interferir se você criar o Museu do Tempo fora do fluxo temporal padrão.

“Ohhhh!”

Um sorriso podre floresceu brilhantemente no rosto de Weed.

CONTINUA…


[1] NT = Nota barafael: se fosse o Weed era bem capaz que eles pagassem para trabalhar e ainda sairiam com um sorriso no rosto depois de receberem uma tigela de mingau de grama.

[2] NT = Nota barafael: pajeon é um tipo de panqueca aberta e recheada.

[3] NT = Nota barafael: bossam é barriga de porco cortada em fatias e servida com outros condimentos e salada.

[4] NT = Nota barafael: para quem não lembra, os Ellyons são pequenas formas de vidas esculturais criadas pelo imperador Geihar Von Arpen, vide capítulo 9 do volume 27.

[5] NT = Nota barafael: para quem não lembra, os Arnins são amigos dos Ellyons e também são formas de vida esculturais criadas pelo imperador Geihar Von Arpen. Eles foram feitos reféns pelos Sulleions no capítulo 9 do volume 29 para a criação forçada de grifos e resgatados pelo Weed no capítulo 4 do volume 30 em razão da Missão de Mestre Escultor.

[6] NT = Nota barafael: 1 pyeong equivale a 3,3 metros quadrados; assim, essa escultura terá 6.611,57 metros quadrados.

[7] NT = Nota barafael: não canso de dizer que essa habilidade é bem roubada.

[8] NT = Nota barafael: equivalente a 33.057,85 metros quadrados.

[9] NT = Nota barafael: simples como sempre ¬¬.


Tradutor: barafael | Revisor: bczeulli

Fonte da Tradução: Clique aqui



Fontes
Cores