ATG – Capítulo 1236 – Desesperada Alma do Dragão


Yun Che lançava ataques consecutivos, mas Luo Changsheng bloqueava cada um deles com facilidade. Na verdade, ele os bloqueava com tanta tranquilidade que parecia fácil. Ainda mais, até mesmo o menor contrachoque dele fazia Yun Che receber dano direto.

Essas duas pessoas haviam uma vez engajado em uma viciosa luta que prosseguiu até seus limites, mas neste momento, um deles erguia-se no topo de uma torre celestial cuja altura não podia ser imaginada, e isso era um resultado trazido por simplesmente dar um único passo do Reino do Espírito Divino para o Reino do Rei Divino.

Luo Changsheng ainda não se movia, nem lançava quaisquer ataques a Yun Che. Ele meramente estendia sua mão na direção de Yun Che, seus olhos em longas e cerradas fendas. — Venha, prossiga. Você não tem muitos truques na manga? A Manifestação Deífica, fusão de chama divina, e aquela alma de dragão também, não é? Não hesite, jogue todas as suas cartas. Deixe-me apenas dar uma longa olhada se esses seus truquezinhos podem contender em face do poder de um Rei Divino.

— Isso é mal… Ele basicamente não tem qualquer chance de vencer. Mesmo seu oponente sendo um Rei Divino, como pode o golfo entre eles ser tão vasto? — Huo Poyun disse enquanto sacudia sua cabeça para trás violentamente: — Além do que, já que o poder de Luo Changsheng eclipsa completamente o do Irmão Yun, por que ele simplesmente não acaba com isso imediatamente? Será que ele quer…

— Ele claramente quer derrotar Yun Che da forma mais humilhante o possível — resmungou Huo Rulie entre dentes cerrados. Suas sobrancelhas se afundaram pesadamente enquanto continuava: — Como esperado, esse pirralho realmente é um mal perdedor!

— Luo Changsheng provém de uma casa muito ilustre. Ele nasceu com o mais exaltado status, ele teve a mais ilustre professora, e até lhe foi dado um corpo abençoado pelos céus que pode cultivar três tipos diferentes de poderes divinos e elementos. Entre a geração jovem dentro da Região Divina Leste, ele definitivamente é uma existência inigualável. Ainda assim, ele foi derrotado por Yun Che na frente de todos. Yun Che, um completo desconhecido antes deste torneio e alguém a quem Luo Changsheng considerava “de nascimento inferior e vulgar”… Yan Juehai falou enquanto aspirava uma pequena lufada de ar. — Parece que o estado mental desse pirralho desmoronou. Ele sempre foi um jovem tão relaxado, cordial, gentil e culto no passado. Ou talvez não fosse que ele possuía tal natureza bondosa e boa, mas só que ele nunca tinha sido pisado por ninguém antes.

— Agora que se tornou um rei Divino, quer retribuir toda falha, humilhação, raiva, e ressentimento que Yun Che fez ele provar incontáveis vezes mais, até seu coração recuperar seu balanço anterior. Derrotar Yun Che seria tão fácil quanto virar uma palma agora, mas ele não quer simplesmente derrotá-lo. Ele não só quer oferecer a Yun Che uma derrota completa e perfeita, mas ele também vai utilizar cada truque do livro para pisar por toda a dignidade de Yun Che no processo.

Huo Poyun ficou completamente aturdido pelas palavras que Yan Juehai havia acabado de proferir. Estava completamente incapaz de reconciliar sua impressão do “Jovem Mestre Changsheng” com o Luo Changsheng que Yan Juehai havia acabado de descrever.

— Não vai acontecer do jeito que ele quer — respondeu Huo Rulie. — Mesmo aquele moleque Yun sendo realmente teimoso e cabeça-dura, ele também é extremamente esperto. Ele não vai continuar aguentando cegamente apenas para ser humilhado repetidamente, especialmente quando está bem ciente do que não tem a menor chance de vitória.

— Não. — Mu Bingyun refutou essas palavras com um preocupado sacudir de sua cabeça. Um lampejo de dor dardejando por seus olhos gélidos. — Mesmo que Yun Che entenda exatamente o que Luo Changsheng quer fazer com ele, mesmo sabendo exatamente que não tem como ele conseguir derrotar Luo Changsheng, ele definitivamente não vai estar disposto a escolher a rendição… Ao contrário, ele usará tudo que tem para aguentar enquanto procura desesperadamente por ao menos o menor raio de esperança nesse duelo contra Luo Changsheng.

As palavras de Mu Bingyun atordoaram Huo Rulie e Yan Juehai. Ambos exclamaram com expressões mistificadas: — Por quê? Será que… há uma razão oculta?

Mu Bingyun, entretanto, não respondeu. Na verdade, ela estava incapaz de responder. Suas mãos, que balançando sob suas mangas de neve, inconscientemente começaram a cerrar em punhos enquanto sussurrava suavemente em seu coração: Mana, se ao menos você estivesse aqui, só você tem a habilidade de convencê-lo a escutar. Mas agora, o que exatamente deveríamos fazer…

Quando ela o trouxe de volta para o Reino da Canção de Neve todos aqueles anos atrás, a Voz do Paraíso Eterno havia pronunciado repentinamente que todos que quisessem atender a Convenção do Profundo Deus precisariam estar pelo menos no Reino da Tribulação Divina. Isso o enviou a um abismo de desespero.

Ainda assim, quando finalmente escalou para fora daquele abismo e chegou na Convenção do Profundo Deus, ele então descobriu que poderia apenas entrar no Reino do Paraíso Eterno caso se tornasse uma das mil “crianças escolhidas pelos céus”.

Ele não hesitou em trair seus próprios princípios, não hesitou abaixar-se àqueles atos de trapaça que no passado desprezou, nem sequer hesitou em provocar a ira do Reino do Paraíso Eterno, e finalmente forçou-se no Reino do Paraíso Eterno… e tudo que obteve por seus esforços foi isso. Ele apenas teria permissão de vê-la se pudesse obter a primeira colocação na Batalha da Outorga dos Deuses.

Esse objetivo, que teria causado desespero a qualquer outro, não o fez vacilar ou desistir. Ao invés disso, ele pisou por cima de gênios celestiais, derrotou Filhos Divinos e escalou esforçadamente até as finais do torneio. Ainda mais, ele esteve disposto a colocar sua própria vida em jogo para derrotar Luo Changsheng.

O destino continuava pregando peças em Yun Che repetidamente, cada peça mais cruel que a anterior, cada situação mais desesperadora que a última, mas ele perseverou através de todas. Ninguém seria capaz de imaginar o que ele havia aguentado e passado durante todo esse processo, ninguém podia imaginar exatamente que tipo de preço ele havia pago. Além do mais, Mu Bingyun estava resolutamente certa de uma coisa, que além desse homem, ninguém mais no mundo poderia fazer tal coisa.

Mas agora, quando finalmente ele estava a meio passo de seu prêmio… Luo Changsheng se tornou um Rei Divino em apenas uma noite.

Agora que ele chegou tão longe, como Yun Che poderia estar disposto a sumir gentilmente na noite.

Mu Bingyun sentiu como se seu coração estivesse sendo apertado fortemente e pela primeira vez em sua vida, sentiu forte ressentimento contra a cruel inconstância do destino… Mesmo durante os milhares de anos em que ela foi afetada pelo veneno do dragão chifrudo, nunca sentiu ressentimento tão intenso.

Ele havia deixado sua terra natal e chegado ao Reino dos Deuses, apenas pelo bem de encontrar uma pessoa. Por este desejo infinitesimalmente pequeno, ele já havia pago demais… Ainda assim, por que o destino escolheu sujeitá-lo a tal cruel tortura repetidamente!?

No Palco da Outorga dos Deuses, Yun Che endireitou seu corpo. Não havia medo em seus olhos, havia apenas uma viciosa luz maligna que continuava a se solidificar dentro deles.

Sem ele sequer dizer uma única palavra, dois tipos diferentes de chama de repente irromperam do corpo de Yun Che simultaneamente. Chamas do Corvo Dourado arderam do lado esquerdo do seu corpo enquanto as chamas da Fênix se acenderam no lado direito. Depois disso, as duas chamas começaram a se fundir lentamente enquanto sua vontade se focava, gradualmente florescendo em uma intensa e densa ardência carmesim.

Foi nesse momento que uma viciosa luz maligna de repente lampejou nas pupilas de Luo Changsheng e seu corpo pareceu tremeluzir com o menor dos movimentos.

BOOOOOOOOOOMMMM!!!!

A figura de Luo Changsheng havia desaparecido e reaparecido como um fantasma em frente ao corpo de Yun Che. A palma de Luo Changsheng entrou em contato com o peito de Yun Che e uma força como um furacão explodiu contra o peito.

A velocidade de Luo Changsheng era rápida como um relâmpago em primeiro lugar, então após se tornar um Rei Divino e tendo sua velocidade reforçada ainda mais pelo furacão, ele pareceu chegar aos próprios limites da imaginação. Naquele único instante, onde seu corpo tremeluziu para frente, o focado Yun Che sequer mal percebeu e até outro Filhos Divinos reunidos neste local, como Shui Yingyue e Lu Lengchuan, não foram capazes de discernir como e quando exatamente Luo Changsheng havia aparecido na frente de Yun Che.

Enquanto uma explosão gigantesca ressoava no ar, um espirro de sangue foi vomitado da boca de Yun Che enquanto ele era mandado voando à distância. As chamas do Corvo Dourado e Fênix foram simultaneamente apagadas, e quando Yun Che foi enterrado pesadamente no chão, não havia luz chamejante emanando de seu corpo.

Yun Che usou ambos os braços para se empurrar para fora do chão enquanto tossia vários bocados de sangue escarlate. Sua compleição havia instantaneamente ido de um vermelho corado a um branco pálido e todo o sangue e energia em seu corpo se turvava e surgia como se fosse lava sendo lançada de um vulcão ativo. Ainda mais, todos os seus órgãos haviam mudado de posição só com aquele único golpe.

— Ah, eu de repente mudei de ideia. — A voz altiva e arrogante de Luo Changsheng ressoou em júbilo: — Porém, eu não quero que interprete isso mal. Não é que eu tenha medo daquela sua chama vermelha, é só que eu quero deixar uma coisa clara para você.

— Na minha frente, você atualmente não é mais que um brinquedinho deplorável que posso jogar e brincar como quiser. Se eu quiser permitir que você use um certo poder, então você será capaz de usar esse poder. Mas se eu não quiser, então você pode esquecer sobre alguma vez usá-lo nessa partida, certo?

— Ou talvez — O dedo de Luo Changsheng lentamente traçou um arco descendente no ar —, você possa se render imediatamente e admitir sua derrota na minha frente. Afinal de contas, mesmo sendo feio e repugnante admitir que você é um cão derrotado, ainda é melhor que sofrer desnecessariamente, não concorda?

“…” — Yun Che rangeu seus dentes ferozmente.

— Que vergonhoso! — Luo Shangchen rugiu enquanto batia na mesa e se punha de pé, seu rosto distorcido em indignação e raiva. — Changsheng, você…

— Deixe ele descarregar! — Antes que Luo Shangchen pudesse sequer terminar de falar, ele foi cortado à força por Luo Guxie: — Você está definitivamente ciente do quão grande o impacto de perder para Yun Che foi para ele. Se você não deixar ele descarregar tudo, pode resultar em demônios internos que podem voltar para assombrá-lo no futuro.

— Isso não é uma questão sobre demônios internos! — rugiu Luo Shangchen retrucando. — Changsheng sempre foi um rapaz gentil e culto. Ainda assim ele ficou completamente doido. Não me diga que você quer que todos na Região Divina Leste pensem que meu filho, o filho de Luo Shangchen, é na verdade uma pessoa mesquinha, vulgar e maliciosa?

Hmph! — Luo Guxie não foi apaziguada por essas palavras enquanto seu tom abruptamente se esfriava. — Luo Shangchen, mesmo o Changsheng sendo seu filho, do momento em que ele nasceu até este exato momento, fui eu quem ficou ao lado dele todo esse tempo. Você continuou sendo o exaltado governante do Reino das Bordas Sagradas e além de ocasionalmente esbanjar elogios ou repreender Changsheng, quando você sequer esteve profundamente preocupado pelo bem-estar dele? Já que você nunca se preocupou tanto assim com ele, então como você pode realmente entendê-lo de verdade!?

— Eu… — Luo Shangchen foi deixado sem palavras após ouvir essas palavras.

— Não estou pouco me lixando para o destino do Reino das Bordas Sagradas, mas meu entendimento do Changsheng é cem vezes maior que o seu. O atual estado do Changsheng também é devido a mim. Isso vai apenas beneficiar o estado mental dele quanto ao caminho do profundo de agora em diante, e não há necessidade de você interferir!

Os cantos da boca de Luo Shangchen estremeceram violentamente, mas, após um longo tempo, ele escolheu lentamente voltar ao seu assento. Nem uma única palavra saiu de sua boca depois disso, mas suas sobrancelhas ainda estavam fortemente franzidas em vexação.

Yun Che, é claro, sabia que Luo Changsheng estava lhe provocando deliberadamente, e sua intenção não era que ele se rendesse imediatamente. Mas as palavras de Luo Changsheng eram, na verdade, completamente desnecessárias porque Yun Che nunca pretendeu se render em primeiro lugar. Do começo da luta até agora, essa noção nunca havia cruzado sua mente nem mesmo uma única vez.

Na verdade, na sua mente, apenas um pensamento ressoava: Só pode haver vitória… Eu devo vencer…

Não importa o que e não importa como… Não importa o que eu tenha que fazer para obter isso…

EU DEVO VENCER!!

Yun Che levantou-se lentamente e mesmo todo seu corpo estando destruído com intensa dor, seu coração e mente estavam fazendo tudo o que podiam para manter sua compostura.

Tem que haver um jeito… Definitivamente tinha de haver um jeito.

Pense, pense… Que outros métodos me restam… e que ases ainda tenho na manga?

Restauração Luna-Estelar? Não, isso não funcionaria… Mesmo se Luo Changsheng colocasse todo seu poder em um único ataque, refletir esse ataque de volta para ele apenas o machucaria. Além do quê, isso também revelaria o truque de autopreservação mais importante que ele tinha para todo o Reino dos Deuses.

Chama Gélida? Talvez possa feri-lo gravemente, mas precisa de dez respirações para se formar, então também não é uma opção realista.

A Manifestação Deífica, chama carmesim…

Nada disso funcionaria! A Profunda força de Luo Changsheng estava em um nível completamente distinto. Não importava que truques ele puxasse, não havia maneira de derrotá-lo… não havia nem mesmo a possibilidade de vencer essa luta.

Mas…

Yun Che lentamente olhou para cima enquanto seu coração começava a bater de maneira especialmente feroz em seu peito.

Para vencer essa partida final não significa que ele tinha que necessariamente derrotar Luo Changsheng.

Se ele pudesse arremessá-lo para fora do Palco da Outorga dos Deuses, então isso também significaria vitória!

O olhar de Yun Che gradualmente se focou… era impossível que ele derrotasse Luo Changsheng que havia se tornado um Rei Divino. A única esperança e possibilidade era empurrá-lo para fora desse Palco da Outorga dos Deuses de cento e cinquenta quilômetros.

A mudança no olhar de Yun Che foi devidamente notada por Luo Changsheng. Um dos cantos de sua boca se levantou de maneira relaxada. — Será que você está pensando em alguma maneira de me trazer até as bordas do Palco da Outorga dos Deuses para que você possa usar um certo truque para me arremessa para fora… Por exemplo, aquela Alma de Dragão que pode fazer a consciência de alguém colapsar?

O olhar de Yun Che ficou ainda mais focado.

“…”

Tsk, tsk, tsk. — Luo Changsheng bateu palmas lentamente. — Em pensar que você ainda está pensando em como me derrotar mesmo agora. Ah, que verdadeiramente admirável. É só que é uma pena que parece que você nunca ouviu uma certa frase antes… Frente a poder absoluto, todo truque insignificante e maquinações são pouco mais que tristes piadas.

— Porém, eu ainda lhe aconselharia bastante a tentar, afinal de contas… — As sobrancelhas de Luo Changsheng ergueram-se enquanto ele lançava um olhar de extremo desdém para Yun Che —, não seria divertido de nenhuma outra maneira!

Yun Che não disse uma palavra em resposta a isso. Ao invés disso, ele invocou a Espada Punidora dos Céus para sua mão, seu olhar estava negro e pesado enquanto ele declarava friamente: — Você quer brincar? Tá bom, então vou brincar com você!

Com um rugido explosivo, Yun Che não pareceu se importar sobre que dano infligiria em si próprio enquanto toda sua profunda energia explodia externamente e eles esmagava sua espada em direção à cabeça de Luo Changsheng.

— Que resistência fútil — disse Luo Changsheng com um baixo riso abafado. Ele estendeu sua mão para agarrar a Espada Punidora dos Céus diretamente enquanto uma força semelhante a um furacão começava a espiralar de sua mão. Dessa vez, ele não estava tentando bloquear o golpe com sua mão, estava tentando diretamente tomar a Espada Punidora dos Céus das mãos de Yun Che.

Os olhos de Yun Che piscaram com uma luz fria enquanto ele usava a Cascata Divisora Lunar para instantaneamente alterar sua posição. A sombra de um dragão apareceu de repente atrás de suas costas enquanto olhos de dragão azure se abriam repentinamente no céu acima deles e um rugido de dragão avassalador ressoava.

Domínio da Alma do Dragão!

ROAR!!!!!

Os céus e terra pareceram tremer sob o poder daquele rugido dracônico.

Luo Changsheng havia acabado de dizer as três palavras “alma de dragão” com desdém porque acreditava resolutamente que dada sua atual alma de Rei Divino, não havia como sua consciência desabar da mesma maneira que aconteceu quando Yun Che liberou repentinamente a alma de dragão na última vez.

Mas então de novo, como exatamente alguém como ele poderia realmente entender o domínio opressor da alma do Deus Dragão?

Sob o rugido dracônico que sacudia os próprios céus, as pupilas de Luo Changsheng instantaneamente perderam a cor enquanto todo desdém instantaneamente transformava-se em medo estremecedor. O corpo da espada de Yun Che acendeu enquanto sua aura expandia explosivamente mais uma vez antes de ser mandada esmagadoramente rumo a cabeça de Luo Changsheng.

— Earghhhh… — O choro de terror de Luo Changsheng ressoou enquanto a consciência que lhe restava registrava o perigo iminente. Assim, ele inconscientemente estendeu um braço para bloquear…

Bang!!

O braço que Luo Changsheng havia estendido para bloquear o ataque foi esmagado de lado enquanto a Espada Punidora dos Céus, que continha o limite da força de Yun Che, ferozmente descia em esmague rumo a cabeça de Luo Changsheng, e um feixe de luz explodia adiante, com a cabeça dele como ponto focal.


Tradutor: Batata Yacon   | Revisor: Sr. Delongas


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE Aqui ou Aqui ou nos dois, solucione o Captcha e aguarde de 5 a 10 segundos.

Assim estará apoiando o tradutor, revisor e preenchendo a meta para capítulos extras!



Fontes
Cores