ATG – Capítulo 1269 – Dentro do Coração Dela


Mundo interno do Palácio do Deus Estelar.

Pássaros cantavam sobre o burburinho de água fluindo enquanto a fragrância das flores preenchia o ar. Caizhi sentava-se em uma pedra próxima ao córrego, com suas mãos macias pressionadas contra suas belas bochechas. Ela olhava ao longe desfocadamente enquanto suas duas pernas claras e delicadas subconscientemente chutavam a corrente de água, mandando vicejos de água espirrando ao ar.

Nesse momento, seus olhos moveram-se levemente enquanto percebia que Yun Che havia aparecido de lugar nenhum e atualmente estava movendo-se em sua direção em um passo relaxado.

Os olhos estrelados de Caizhi viraram-se com um “whoosh”, e seu lábios inconscientemente começaram a fazer bico: — Você vai partir amanhã, então o que está fazendo aqui ao invés de acompanhar minha irmã?

Yun Che caminhou até ela e disse em uma voz preenchida com abatimento exagerado: — É claro que é para ver minha recém desposada esposa.

A forma exageradamente suspeita de abordagem fez pânico lampejar claramente nos olhos de Caizhi enquanto ela dava uma refuta apressada e imediata: — Quem… quem que é sua nova esposa!?

Após dizer isso, abaixou sua cabeça pequena e adorável, e murmurou para si mesma em uma voz bem fraca: — Pão-duro!

— Pão-duro? — disse Yun Che com olhos arregalados. — De que maneira fui isso?

— Oh, você ainda se atreve a dizer isso! — A face clara e suave de Caizhi se virou, e ela apontou um dedo para o anel que Yun Che usava em sua mão esquerda enquanto exclamava indignada: — Esse anel é uma lembrança do meu irmão mais velho, é meu amuleto protetor e também a coisa mais importante que já me pertenceu!

— Eu te dei a coisa mais importante na minha vida, mas você realmente se atreveu a me dar essa porcaria de espada em troca, e ainda se atreve a dizer que não é pão-duro!? Hmphh!!

“…” Yun Che foi instantaneamente deixado sem palavras. As linhas de pensamentos de Caizhi… eram realmente difíceis de ele acompanhar.

— Isso não é nenhuma porcaria de espada, é minha… — Logo quando ele começou a falar, viu que os lábios de Caizhi haviam formado um bico que se podia pendurar uma jarra de óleo. Então Yun Che não teve escolha além de parar sua explicação e levantar suas mãos de forma apaziguadora enquanto dizia: — Tá bom, tá bom, tá bom, então o que você quer? Caso tenha comigo no momento, definitivamente te darei.

— Lembre-se, isso foi o que você disse! — disse Caizhi enquanto seus olhos estrelados se iluminavam e seus dois caninos, que brotavam por trás de seus delicados lábios sorridentes, lampejaram com uma luminosidade perolada.

“…” Yun Che de repente foi atingindo por uma sensação de ter sido enganado, mas podia apenas colocar uma face atrevida e dizer: — Então o que exatamente… você quer?

Caizhi nem mesmo precisou de um momento para ponderar enquanto dizia em uma voz doce e feminina: — Você deu tantas roupas bonitas pra mana. Eu também quero algumas! Além do mais, têm que ser tão bonitas quanto aquelas que deu pra mana!

— … Só isso? — Yun Che, que já havia se preparado para tomar uma facada com o pedido dela, mais uma vez foi aturdido.

— Isso mesmo! — disse Caizhi enquanto colocava ares de bastante seriedade: — Na próxima vez que vier, você definitivamente precisa trazer isso! Senão… definitivamente não te reconhecerei como meu marido.

O final daquela sentença foi dita de maneira muito suave, e quando ela disse isso, um corar nunca antes visto passou por sua face tenra. Sua cabeça pequena e delicada imediatamente se baixou enquanto ela se agachava do olhar de Yun Che.

Aquele lampejo de vermelho fez olhos de Yun Che se arregalarem… Caralho? O que exatamente está acontecendo aqui? Um tempo atrás ela causou tanto alvoroço sobre isso, ao ponto em que a única coisa que não fez foi chorar, e até fugiu imediatamente depois, então como que de repente…

Será que essa garotinha estava interessada em mim desde o começo? E só estava sendo uma tsundere¹ desde o começo… Yun Che não pôde deixar de esfregar seu próprio rosto enquanto o pensamento lhe ocorria.

No final, Yun Che ainda era um homem, então de jeito nenhum ele seria capaz de entender o coração de uma garota. Jasmine havia forçado a união deles, então para Yun Che, ele apenas participou da formalidade para atender os desejos de Jasmine. No máximo, isso resultaria em certo constrangimento — Afinal de contas, essa cerimônia foi uma em que já havia participado várias vezes e haviam sido muito mais grandiosas e majestosas que essa.

Mas para uma jovem garota, que recém experimentara o primeiro corar de amor, faria todo seu mundo virar de ponta cabeça. Como resultado, seus sentimentos para com Yun Che também começaram a passar por súbitas mudanças.

— Tudo bem, definitivamente te darei algumas. Mas não precisamos esperar até a próxima vez.

Yun Che balançou sua mão esquerda homogeneamente na frente de seu corpo. Imediatamente, várias quantidades de roupas de mulher, em todas as formas e estilos, foram arranjadas na frente de Caizhi.

Uwaaaah! — Os olhos estrelados de Caizhi se alargaram enquanto uma longa e adorável exclamação de alegria soava de seus lábios.

Durante os anos em que esteve com Jasmine, um de seus hobbies favoritos era comprar todos os tipos de roupas belas para Jasmine. Após Jasmine partir, toda vez que via roupas que Jasmine poderia gostar, seu coração apertaria e ele não hesitaria em comprá-las depois disso.

Antes que percebesse, já havia coletado muitos destes trajes.

Afinal de contas, sua esposa Cang Yue era a imperatriz de uma nação, enquanto ele possuía metade da Guilda Mercante Lua Negra. Além do mais, a Família Yun também era uma das grandes Famílias Guardiãs… Ele basicamente tinha tanto dinheiro que praticamente não podia gastar tudo.

— Tem… tantas! — Parecia como se milhões de estrelas estivessem brilhando nos olhos de Caizhi enquanto ela exclamava aquelas palavras. Cada peça de roupa que Yun Che havia escolhido para Jasmine definitivamente era um item incomum. Elas eram ou extremamente deslumbrantes ou extremamente refinadas, e por Jasmine sempre ter sido apegada à cor vermelha, a maioria desses trajes eram dessa cor.

Caizhi não era gananciosa, ela simplesmente escolheu um vestido de fada cor de arco-íris do monte. Ela segurou aquele vestido de fada cor de arco-íris contra seu corpo enquanto dava uma girada ágil e graciosa. As saias rodopiaram e chamejaram, e era como se um arco-íris estivesse dançando graciosamente no ar.

Mesmo Caizhi sendo seis anos mais jovem que Jasmine, suas figuras eram quase idênticas. Então esse vestido de fada cor de arco-íris também cabia perfeitamente nela.

— Hehe, obrigada cunhado — disse ela, enquanto guardava o vestido asseadamente. Seu rosto sorridente trazia à mente uma jovem flor beijada pelo orvalho matinal, era indescritivelmente belo e adorável.

“No fim das contas ela ainda é uma garotinha…” murmurou Yun Che em seu coração. Afinal, mesmo Caizhi tendo só dezenove neste ano, ela parecia ter treze ou quatorze no máximo.

Quando ele viu que ela estava tão alegre por uma simples peça de roupa, Yun Che silenciosamente soltou um suspiro de alívio em seu coração… Talvez, a condição de Caizhi não fosse tão ruim quanto Jasmine preocupava-se ser.

Enquanto olhava para o belo e doce sorriso de Caizhi, os lábios de Yun Che também começaram a se curvar subconscientemente em um arco enquanto deixava escapar: — Tão estranho, você claramente era tão contra só um momento atrás, e era como se os próprios céus houvessem lhe injustiçado. Então por que você teve uma mudança de ideia tão grande e tão de repente?

Após ouvir as palavras de Yun Che, o sorriso de Caizhi desapareceu enquanto seus lábios começaram a fazer bico de novo: — O que tem se não estou disposta. Em todo caso, não posso deixar a Mana nervosa.

Ela reclamou com ressentimento acumulado: — Eu sou uma criança tão jovem, ainda assim, realmente tenho que me casar… é tudo culpa sua!

— Você já tem dezenove, que parte de você ainda é uma jovem criança?

— Então você não pode ser uma jovem criança se tiver dezenove anos de idade, huh!? — Caizhi reagiu como um gato cuja cauda houvesse acabado de ser pisada enquanto berrava: — Por acaso eu sou uma!!

— Tá bom, tá bom, tá bom, você é uma jovem criança. — Yun Che havia finalmente descoberto que Caizhi parecia ser muito sensível quando se tratava de sua idade. Quando a conheceu dois anos atrás, ela havia proclamado que tinha apenas treze, veementemente negando ter dezessete… e ele também não tinha ideia do porquê de ela fazer isso.

Será que por causa de sua silhueta?

— A razão pela qual eu pude começar a aceitar isso é porque estou começando a entender porque a mana fez uma coisa dessas. — A voz de Caizhi de repente mudou enquanto ela soltava um suspiro que totalmente não deveria vir dos lábios de uma jovem garota. Depois disso, ela olhou para Yun Che e disse: — A Mana te contou algumas coisas estranhas? Por exemplo, ela disse alguma coisa nas linhas de ter um profundo abismo na minha alma ou algo assim?

— Eh… — Yun Che ficou atordoado por essas palavras.

— Sabia. — Olhando na direção de Yun Che, um leve bufar foi emitido do nariz de jade de Caizhi antes dela falar em uma voz melancólica: — Mesmo eu já tendo ido muito bem, a Mana ainda está preocupada quietamente por mim. Mas, eu não sou tão fraca ou frágil quanto a Mana acredita, desde que tudo esteja bem com a Mana, eu serei a garota mais feliz no mundo.

— Sua irmã de fato está preocupada e afetada por sua causa. Igual a como você está muito preocupada e afetada por sua irmã — disse Yun Che.

Hmph, isso é o natural! — exclamou Caizhi enquanto sua cabeça pequena e delicada entortava pro lado: — Porque a Mana é a única família que tenho em todo esse vasto mundo.

— Bem, isso foi ontem — respondeu Yun Che com um leve sorriso. — De hoje em diante, eu já sou seu marido, então isso significa que sou seu outro membro familiar. E de acordo com a lógica e senso comum, eu deveria ser ainda mais próximo a você do que sua irmã.

“…” A respiração de Caizhi havia claramente ficado irregular após ouvir essas palavras.

— Mesmo o processo sendo um pouco estranho, o que aconteceu já aconteceu e agora você já é minha esposa (uma delas, de qualquer jeito). Trabalharei duro para ser tão bom para você quanto Jasmine é e também trabalharei duro para ficar forte, forte o bastante para você ser capaz de depender de mim.

Yun Che falou em uma voz muito sincera e resoluta e uma luz determinada também lampejou em seus olhos.

Os olhos estrelados de Caizhi tremeram levemente. Depois disso, seu rosto corou de vermelho antes de refutá-lo furiosamente: — Que esposa, por que você me faz soar tão velha!? Merda!!

Após terminar de ralhar com ele, deu prosseguimento à conversa muito suavemente: — No máximo… sou sua esposinha.

— Eh? O que você disse? — Yun Che não pôde ouvir essas palavras claramente.

Ao invés de as repetir, Caizhi virou suas costas para ele e apontou seu dedo para longe: — Você vai me matar de aborrecimento. Se apresse e vá acompanhar minha irmã! Você não tem permissão de me incomodar mais!

Essa garotinha agora há pouco estava rindo tão alegremente, mas havia se tornado hostil no cair de um chapéu… Yun Che respondeu em um tom razoavelmente desamparado: — Tá bom, tá bom. Entretanto, você deve lembrar firmemente das palavras que acabei de dizer. Já que me decidi por você, pode esquecer de fugir, mesmo sendo a Deusa Estelar Lobo Celestial.

Talvez devido aos desejos de Jasmine, ou talvez por causa do voto que havia feito com Jasmine, ou talvez do prévio apego que tinha por Caizhi², ou talvez por outra razão completamente diferente, qualquer que fosse a razão, cada uma das palavras recém ditas por Yun Che, vieram do fundo de seu coração.

Caizhi: “…”

Após Yun Che partir, Caizhi ainda ficou lá aturdida, seu coração lançado em completa desordem.

Ela deveria ter bufado desdenhosamente às palavras ditas por Yun Che. Ela deveria tê-las ridicularizado como fantasiosas e belas palavras usadas para enganar uma criança… Mas por alguma razão, as cordas de seu coração foram puxadas violentamente naquele momento, e as palavras que saíram de sua boca, ao invés disso, soaram como uma charmosa, porém insignificante, birra que se lança à pessoa a quem se abriu seu coração.

— Huuu…

Ela deu um leve suspiro de alívio antes de lutar para recuperar sua compostura. Ela murmurou ao córrego d’água atrás de si: — Que pessoa perigosa ele é. Não me espanta a Mana ter se apaixonado por ele. Ele definitivamente usou palavras similares para enganar montes de outras garotas… Como se eu fosse ser fisgada tão fácil.

— Ele até disse que eu seria capaz de depender dele… Em pensar que até se atreveu a fazer uma declaração tão tola quanto essa…

— Até a Mana disse que ele era um pervertido super lascivo, então definitivamente não vou deixar ele ter o que quer!

— Ela murmurou essas palavras para si, mas um pensamento que não podia eliminar continuou vibrando nas profundezas de seu coração e alma.

“Aquelas palavras que ele disse realmente… são verdadeiras…?”

Pés que se assemelhavam a jades preciosas levemente agitaram o córrego frio e refrescante. Ela levantou seus olhos ao horizonte, e quando seu coração finalmente recuperou sua compostura, o que apareceu em sua mente foram as cenas de suas interações com Yun Che…

Quando ele enfiou seu nariz nos assuntos dela e usou o Tomo do Deus Infernal Lobo Celestial para resgatá-la…

Quando entrou em pânico após seus repetidos assaltos verbais e fugiu dela…

Após a segunda vez que a resgatou, ela ao invés disso o fez cair em perigo. E mesmo após ter lhe dado uma bronca enorme, ainda arriscou sua própria vida para resgatá-la uma terceira vez.

Ele havia a abraçado forte em seus braços, enquanto gota após gota de sangue que havia derramado por ela caía em seu rosto… ainda assim, nunca pensou em largá-la.

…….

Sem perceber, os olhos estrelados de Caizhi já haviam ficado embaçados, e até ela não notou que os cantos de seus lábios subconscientemente se curvaram para cima, formando uma lua crescente extremamente bela.


Tradutor: Batata Yacon   | Revisor: Delongas


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE Aqui ou Aqui ou nos dois, solucione o Captcha e aguarde de 5 a 10 segundos.

Assim estará apoiando o tradutor, revisor e preenchendo a meta para capítulos extras!



Notas de Tradução:

1. Tsundere: Não acho que preciso realmente explicar o significado disso… Em outra nota, realmente odeio misturar outros idiomas além do idioma original e idioma de destino, mas este caso acabou ficando por motivos de:

  • Ser engraçado;
  • Ser a versão usada no inglês;
  • Se encaixar bem na situação;
  • Se encaixar no senso de humor do autor;

Mas tenham em mente que este caso é uma exceção e não uma regra.

 

2. Ou por querer comer ela, ou por querer um threesome com ela e a irmã. Tantas possibilidades, nessa altura Yun Che não engana mais ninguém.

 


Fontes
Cores