ISSTH – Capítulo 471 – Imperador Demônio do Solo Gelado

CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                           PRÓXIMO CAPÍTULO


Sua voz ecoou dentro do vazio, batendo nos milhões de Escravos da Ponte. No entanto, isso não os machucou, mas sim rebateu deles, transformando-se em incontáveis ​​ecos. Era como se milhões e mais milhões de vozes estivessem respondendo a Han Shan.

Por causa da maneira como ele falou, sua aura explodiu de uma forma que a palavra ‘monstruoso’ não podia nem começar a descrever. Até mesmo os maiores heróis conseguiriam fazer apenas metade do que estava ocorrendo agora!

A mente de Meng Hao cambaleou quando ele viu Han Shan e o resultado de sua única sentença. Ele também viu que os Escravos da Ponte não eram capazes de se defenderem contra o poder de Han Shan. Em vez disso… Han Shan não estava disposto a machucá-los.

Ou você poderia até dizer que ele temia acidentalmente machucá-los!

Ele temia acidentalmente ferir a pessoa que ele procurava!

Meng Hao pensou em quando viu Han Shan pela primeira vez, e a expressão nos olhos do homem quando ele olhou para os Escravos da Ponte. Era um olhar investigativo e desconsolado; parecia que ele estava procurando pela única mulher em sua vida.

Era uma mulher chamada Xue’er, sua esposa.

Sua busca solitária durou três mil anos…

Mesmo enquanto a voz de Han Shan ecoava, ele de repente levantou a mão. Um brilho sombrio apareceu em seus olhos quando de repente ele fez um movimento cortante em direção à montanha. Instantaneamente, o Qi Alcoólico se elevou.

Meng Hao também tinha o Qi da Espada Dançante, mas se você o comparasse com a quantidade que Han Shan tinha, era como comparar um vaga-lume com a brilhante lua!

O Qi Alcoólico se espalhou, enchendo o Céu e a Terra. Dentro, figuras podiam ser vistas, todas elas parecendo Han Shan. Enquanto o Qi continuou a se multiplicar, mais e mais dele apareceram, até que não houvessem menos de cem mil!

Essas cem mil figuras de Han Shan começaram a cuspir Qi Alcoólico. Enquanto o faziam, uma imagem vaga começou a ficar visível.

Essa imagem era uma representação de um mundo. Era um mundo completo, com um céu, terra, pessoas vivendo. Tudo isso era muito realista, como se esse mundo pertencesse a Han Shan.

Uma espada azure apareceu de repente na mão de Han Shan. Ela cortou, emitindo um Qi de Espada monstruoso, que se espalhou e se transformou na imagem de um dragão azure. Seu rugido rasgou o vazio e começou a concentrar o Qi Alcoólico e absorver a imagem do mundo de Han Shan. Então, disparou urgentemente em direção ao palácio no topo da montanha.

Ondas mortais se espalharam enquanto se moviam. Elas concentravam seu poder, algo que excedia em muito as habilidades divinas dos Cultivadores normais.

Em um piscar de olhos, o dragão azure rugindo atravessou o vazio quebrando tudo. Ao mesmo tempo….

Um bufado frio podia ser ouvido de dentro do palácio. No instante em que o bufo ecoou, a frieza no vazio aumentou para um nível aterrorizante.

O dragão azul parou no ar, seu corpo já branco puro. No espaço de uma única respiração, foi transformado em uma estátua de gelo.

Em seguida, o vazio começou a se encher de brancura. A brancura era geada que surgiu do nada. A geada começou a se fundir em uma massa disforme que se espalhou no vazio. Parecia se estender até onde os olhos podiam ver, sem fim, preenchendo o vazio para criar uma enorme massa de terra.

Uma massa de terra de Solo Gelado!

A massa de terra do Solo Gelado não era gelo, mas sim um tipo específico de solo. Continha um denso Qi Imortal, várias vezes mais do que o Solo Celestial.

— Imperador Demônio do Solo Gelado!! — disse Zhixiang, com a voz rouca, o rosto cheio de choque e descrença. Ela imediatamente produziu uma Pedra da Ponte da Imortalidade e esmagou-a.

No entanto, uma vez que ela o fez, seu rosto caiu imediatamente. O poder de teletransporte da Pedra da Ponte da Imortalidade não se manifestou.

O rosto de Zhixiang ficou pálido.

— O Imperador Demônio do Solo Gelado não poderia estar vivo! Ele não tinha morrido em batalha contra o Ancestral Ji?!?!

— Seu cadáver foi levado e transformado em um dos Estrados da Concessão da Imortalidade em um dos quatro grandes planetas, o Planeta Céu do Sul! Sua Divindade Imortal foi arrancada e refinada em um dos Nove Tesouros do Clã Ji, a Lâmpada Congelante!

— Todos os seus discípulos e toda a sua linhagem foram levados pelo Clã Ji e refinados no Rio Frígido, que flui pelo portão principal do Clã Ji e nunca pode congelar!

O rosto de Zhixiang ficou ainda mais pálido quando ela murmurou essas palavras. Mesmo que suas palavras fossem suaves, elas ecoaram dentro do corpo enevoado da besta qilin e foram até Meng Hao, que estava relativamente perto dela.

Ao mesmo tempo, uma voz ecoou de dentro do palácio. Quando isso aconteceu, a massa de terra de Solo Gelado tremeu, e os rostos dos Escravos da Ponte que os rodeavam não estavam mais cheios de frustração. Em vez disso, eles se encheram de crueldade. Seus olhos ficaram vermelhos e começaram a emanar intenção de matar enlouquecidamente.

Uma voz fria podia ser ouvida: — Entre no meu mundo Imortal Demoníaco, e a vida ou a morte não mais ficará nas mãos dos Céus. Com a vida eterna, qual é o propósito do destino? — Quando parou de falar, ela deu um leve suspiro.

Em seguida, a multidão de Escravos da Ponte na área começou a atacar Han Shan. A besta qilin na qual Meng Hao e Zhixiang estavam sentados rugiu, junta com as dezenas de outras bestas semelhantes a ela, que estavam presentes, e atacaram Han Shan.

Han Shan deu uma risada rígida e amarga, cheia de pesar. Ela ficou cada vez mais alta até parecer o único som no Céu e na Terra.

— Entrar no mundo Celestial Demoníaco e acabar com todo o destino mortal… Não tenho essa crença! — Han Shan ergueu a jarra para tomar um gole de álcool, depois virou-se e disparou em direção à montanha. Ele disparou ao mesmo tempo que fez outro movimento de corte.

O movimento de sua mão fez com que tudo tremesse. Uma fissura enorme se abriu à frente dele, que então se transformou em uma aura de espada que disparou em direção ao topo da montanha. À medida que se aproximava, ela transformou-se de algo amorfo em algo com uma forma. No entanto, ela rapidamente se tornou branca e, como o dragão azul, explodiu em pedaços.

Neste momento, os Escravos da Ponte estavam se aproximando de Han Shan, milhões deles. Os olhos de Han Shan estavam vermelhos quando ele se virou para encará-los. Ele acenou com o braço, fazendo uma rajada de Vento Alcoólico varrê-los.

— Eu não quero vos machucar. Apenas tragam minha esposa… Todos vocês, não forcem minha mão! — Ele se virou e enviou mais bandas prismáticas de Qi de Espada voando para fora. Em rápida sucessão, nove espadas apareceram.

A primeira banda do Qi de Espada tinha três mil metros de comprimento!

A segunda banda do Qi de Espada tinha trinta mil!

Quando a nona espada apareceu, o vasto e ilimitado Qi de Espada impregnou o mundo inteiro do vazio. As nove bandas do Qi de Espada então se combinaram, transferindo-se para uma enorme Alma da Espada azure que esfaqueou em direção à montanha.

Quando a Alma da Espada se aproximou, ela começou a ficar branca. Sons de rachaduras podiam ser ouvidos à medida que se aproximava cada vez mais. Ela começou a esvanecer, e a geada apareceu em sua superfície, que quebrou e desmoronou. Isso exterminou oito bandas de Qi de Espada, deixando apenas uma restante. Esta cortou em direção ao palácio.

Sons estridentes encheram o céu. Tudo tremeu, e o palácio se contorceu quando uma mão antiga apareceu de dentro de suas profundezas. O indicador da mão apontou e o Qi de Espada desmoronou.

Han Shan cuspiu um pouco de sangue. Ele olhou em direção ao palácio, um olhar selvagem em seu rosto enquanto ele rugia: — Traga-a para fora!!

A mente de Meng Hao estava se recuperando, e sua respiração veio em arquejos ásperos. Ele só podia assistir a cena, seu rosto mesmerizado. Tudo o que estava acontecendo excedia em muito o nível de compreensão de um cultivador no estágio do Núcleo Dourado.

Até mesmo Zhixiang era como uma cigarra no inverno, cautelosa e solene. Ela entendeu o que estava acontecendo, mas isso só serviu para enchê-la de mais medo. “Imortal da Espada Han Shan, uma nova força todo-poderosa que se levantou na Nona Montanha durante os últimos milhares de anos. E aquele velho… Ele… ele parece com a imagem que está pendurada no santuário ancestral da Seita. Ele parece exatamente com o Imperador Demônio do Solo Gelado…”

Era um homem velho que havia quebrado o Qi de Espada. Ele agora estava lá, do lado de fora do palácio, vestindo uma túnica branca, parecendo um ser transcendente. Sua expressão era fria e um fogo misterioso ardia em seus olhos. Ele olhou friamente para Han Shan.

— Vou te dar uma chance única. Se você puder matar todos os Escravos da Ponte no espaço de cem respirações, então sua esposa aparecerá para você. Além disso, posso garantir que sua esposa não está entre os Escravos da Ponte fora desta montanha.

Han Shan olhou para o velho. Foi nesse momento que os olhos dos Escravos da Ponte ficaram vermelhos e seus rostos cheios de loucura, como se quisessem devorar Han Shan vivo. Foi também nesse momento que o primeiro dos Escravos da Ponte chegou a ele.

— Desapareça! — gritou Han Shan, sua intenção de matar subindo aos Céus. A espada em sua mão sacudiu, fazendo com que um Qi de Espada prismático aparecesse, junto com o Qi Alcoólico. Por onde passava, milhares de Escravos da Ponte explodiam.

Sua vontade de matar tinha irrompido, e Han Shan estava enlouquecendo. Sua culpa, seus três mil anos de tormento o dominaram com loucura. Ele disparou na direção dos Escravos da Ponte.

Em algum momento, um menino apareceu ao lado do velho. Ele ficou lá, sorrindo e contando em voz alta, “Um, dois, três…”

Estrondos ecoaram quando a matança de Han Shan atingiu um pináculo. Era como se ele não possuísse poderes de raciocínio. Onde quer que ele fosse, a única coisa que existia era um homem e uma espada. Vastas quantidades de Escravos da Ponte estavam sendo abatidos.

O Qi de Espada disparou e uma gigantesca piton foi cortada. A névoa desmoronou, dispersando-se por toda parte.

No entanto, não importava o quanto Han Shan fosse matar, exterminar milhões de Escravos da Ponte não era fácil de se fazer no espaço de cem respirações. Quando o menino contou até trinta e sete, ainda haviam muitos mais.

Han Shan rugiu quando levantou a mão direita e inclinou o jarro de álcool. Álcool voou, transformando-se no ar em múltiplas espadas voadoras. Aparentemente, este frasco de álcool não continha álcool, mas sim uma espada.

Cem mil espadas apareceram. Atrás de cada uma dessas espadas havia uma figura que parecia exatamente com Han Shan. Todos e cada um levantaram suas espadas e seus olhos se encheram de loucura. Eles se espalharam, cem mil pessoas matando milhões de Escravos da Ponte.

Rugidos encheram o ar quando um grande número de Escravos da Ponte morreram. Feras gigantescas foram derrubadas e desmoronaram em pedaços. Eventualmente, a gigante besta qilin em que Meng Hao estava foi morta por um dos clones de Han Shan. Foi nesse momento que Meng Hao experimentou pessoalmente o aterrorizante Qi de Espada.

Ele instantaneamente cortou o qilin em dois pedaços. Um estrondo ressoou e sangue jorrou da boca de Meng Hao. Ele observou o Qi de Espada se aproximar dele. Ele imediatamente perdeu todo o poder para tentar lutar. No entanto, logo antes de a Espada Qi atingi-lo, ela parou por um momento, depois passou por ele.

O rosto de Meng Hao estava pálido. Embora o Qi de Espada tivesse desaparecido, ele agora estava cercado de um frio implacável que o envolveu em um instante… E ele perdeu o controle de seus próprios movimentos. Ele caiu na superfície da massa de terra do Solo Gelado. Naquele instante, seu corpo ficou instantaneamente coberto de gelo.

Uma sensação de crise mortal tomou conta dele. Ele não teve tempo para pensar; ele imediatamente acendeu a Chama Eterna. O poder de seu totem tipo Fogo incendiava seu totem tipo Madeira, aumentando a conflagração.

No entanto, mesmo quando a Chama Eterna queimava enquanto surgia, o vórtice do tipo Terra em seu braço de repente começou a sugar o Solo Gelado!


Tradutor: Gafiam | Revisor: Delongas


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                           PRÓXIMO CAPÍTULO


Fontes
Cores