ISSTH – Capítulo 487 – O Extermínio da Tribo dos Cinco Venenos

CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                           PRÓXIMO CAPÍTULO


— Desprezível — disse o Sumo Sacerdote da Tribo dos Cinco Venenos, com o rosto tremendo enquanto olhava para Meng Hao. Ele rangeu os dentes enquanto recuava inconscientemente. Ele não estava mais no estágio final da Alma Nascente, então encarar Meng Hao fez seu coração ficar cheio de medo.

Mesmo quando as palavras saíram de sua boca, um som assobiante era ouvido longe. Não era outro senão o Clone de Sangue. Tendo abatido os dois grandes Sagrados Anciões, ele estava retornando, porém seu desejo por sangue não foi satisfeito. De repente, Meng Hao percebeu que não conseguia sentir a conexão com o Clone. Num piscar de olhos, a figura de sangue estava atacando o Sumo Sacerdote da Tribo dos Cinco Venenos.

Este era o mesmo homem que, anos antes, mostrara-se nobre e orgulhoso fora das Tribos do Corvo Divindade. Agora seu rosto se encheu de choque e gritou alarmado. O poder de sua Base de Cultivo explodia à medida que habilidades divinas e itens mágicos apareciam. Ele não reteve nada na tentativa de bloquear o Clone de Sangue. No entanto, o clone atravessou diretamente por todas as habilidades divinas e itens mágicos para atacá-lo . Naquele instante, o tempo pareceu desacelerar por um momento.

Quando o Clone de Sangue deixou o Sumo Sacerdote, o corpo dele estava murcho. Sua força vital havia sido sugada; até mesmo sua Alma Nascente estava seca e morta. Seu corpo agora era nada mais que um cadáver ressecado, completamente drenado de cada gota de sangue.

O cadáver ressecado caiu no chão; a expressão em seu rosto era a mesma expressão que usara antes de morrer, de medo, choque e profundo pesar.

O Clone de Sangue disparou no ar, na direção dos membros da Tribo dos Cinco Venenos. Passou pelo campo de batalha como um mar de sangue, deixando para trás apenas cadáveres ressecados.

O Grande Pai da Tribo dos Cinco Venenos observava o que estava acontecendo, e sua figura idosa parecia emanar ainda mais o Qi de Morte. Ele parecia tão velho que poderia cair no túmulo a qualquer momento.

— A Tribo dos Cinco Venenos perdeu esta batalha — disse ele, enquanto os gritos miseráveis continuavam a ecoar. A dor encheu seu coração quando ele se virou para Meng Hao, apertou as mãos e curvou-se profundamente. — Eu gostaria de pedir sinceramente ao Sagrado Ancião da Tribo do Corvo Divindade que deixe um pouco de esperança para a Tribo dos Cinco Venenos…

Meng Hao olhou para ele em silêncio. Mais e mais gritos de gelar o sangue encheram o ar. Depois de um longo momento, Meng Hao calmamente respondeu: — Se a Tribo do Corvo Divindade fosse o perdedor, e eu fizesse tal pedido, você aceitaria?

O Grande Pai da Tribo dos Cinco Venenos estava cheio de amargura. Ele sabia que tal coisa nunca aconteceria. Se o vencedor da batalha fosse a Tribo dos Cinco Venenos, então a Tribo do Corvo Divindade teria sido completamente exterminada, incluindo os velhos, os jovens e os membros comuns da Tribo. Toda a tribo teria sido completamente erradicada da face da terra.

Esta não era uma vingança pessoal; era uma guerra entre tribos. Não haveria misericórdia, nem piedade. Havia apenas vida e morte!

— Compreendo. Nesse caso… Você e eu vamos lutar! — ele respirou fundo enquanto levantava a cabeça. Seus olhos se encheram com a vontade de batalhar. No entanto, profundamente dentro dessa vontade de lutar estava na verdade um desejo de morte.

— Ser morto pelas mãos do Sagrado Ancião da Tribo do Corvo Divindade é uma morte digna — continuou o Grande Pai. — Como Grande Pai da Tribo dos Cinco Venenosos, eu te amaldiçoo e a Tribos do Corvo Divindade… Por outro lado, apesar de termos encontrado a morte neste caminho para as Terras Negras, somos ambos Cultivadores do Deserto Ocidental. Espero que nos próximos dias, a Tribo do Corvo Divindade… supere até mesmo sua antiga glória. Afinal de contas, somos todos Cultivadores desta terra! — Com isso, seu corpo tremeluziu e disparou na direção de Meng Hao.

Meng Hao viu o desejo de morrer do Grande Pai da Tribo dos Cinco Venenos e, interiormente, suspirou com pesar. Contudo, isso não causou desleixo nas suas ações. Seus olhos brilhavam friamente enquanto ele caminhava para frente.

Os dois se encontraram no ar, fazendo com que buns ecoassem no campo de batalha. O Grande Pai liberou uma habilidade divina atrás da outra, como uma flor que atingiu o ponto de morte e queria brilhar com o máximo de vida possível.

Em meio aos estrondos, técnicas mágicas colidiram umas com as outras e as habilidades divinas explodiram. Os Cultivadores da Tribo dos Cinco Venenos estavam morrendo por todo o campo de batalha. Porém, os gritos miseráveis agora estavam ficando mais fracos.

Depois que dez respirações passaram, o Grande Pai da Tribo dos Venenos cuspiu um bocado de sangue. Rindo ruidosamente, ele mais uma vez atacou Meng Hao.

Depois de vinte respirações, ele perdeu um dos braços. Ainda rindo na direção dos céus, ele teimosamente atacou Meng Hao novamente.

Trinta respirações depois, um rugido ensurdecedor encheu o ar quando uma névoa gigantesca se elevou. Meng Hao lentamente tirou a máscara cor de sangue, virou-se e foi embora. Atrás dele, o Grande Pai da Tribo dos Cinco Venenos explodiu em inúmeros pedaços. No momento antes de sua morte, confusão encheu seus olhos. Dentro dessa confusão, havia a libertação dos assuntos mundanos.

Ele estava morto, em corpo e espírito!

Era impossível dizer se foi por algum plano anterior, mas no instante em que o Grande Pai da Tribo dos Venenos morreu foi o mesmo momento em que o Clone de Sangue sugou a vida e o sangue do último Cultivador da Tribo dos Cinco Venenos no campo de batalha.

A batalha com a Tribo dos Cinco Venenos estava terminada.

Meng Hao estava relaxado no fundo do coração. De repente, seus olhos se encolheram bruscamente, tremeu e rapidamente se teleportou para a frente de um dos membros da Tribo do Corvo Divindade, então levantou a mão e a empurrou na frente dele.

— Saia! — disse, com olhar frio, sua voz como um trovão na primavera, sacudindo tudo e ecoando em todas as direções. Seu gesto fez com que o ar se rasgasse, ondas se espalharam para revelar algo disparando através do ar, que foi bloqueado por Meng Hao… o Clone de Sangue!

Este era um Clone de Sangue do Clã Ji, que parecia com Meng Hao em todos os aspectos, exceto pelo brilho sangrento que emanava dele. Quando apareceu, ficou parado diante de Meng Hao, com os olhos brilhando de desagrado e relutância. Seu desejo por sangue depois de matar o membro final da Tribo dos Cinco Venenos causou instintivamente a tentativa de consumir qualquer coisa viva próxima a ele.

A partir desse momento, os membros da Tribo do Corvo Divindade começaram a soltar suspiros de alívio. À medida que o frenesi da batalha passou, eles rapidamente recuaram, levando os neo-demônios com eles.

Demorou apenas um breve momento para todos os membros da tribo e neo-demônios estarem atrás de Meng Hao. Até mesmo a Besta Celestial recuou, ofegante, instintivamente com medo do Clone de Sangue.

Apenas a gelatina de carne e o papagaio se atreveram a ficar de pé, em cada um dos ombros de Meng Hao, arrogantemente olhando para o Clone de Sangue do Clã Ji, que estava na frente.

— Esse bastardo é muito feio — disse o papagaio avaliando. — Sem cabelos, nem mesmo um! Como poderia algo assim existir? Então, por que sua aura parece tão familiar? Simplesmente não consigo encaixar isso…

A gelatina de carne deu ao Clone de Sangue um estranho olhar de medição, e depois cumprimentou-o de uma forma muito amigável. ― Oi. Olá! Olá! Eu sou o Lorde Terceiro. Deixe-me dizer uma coisa, você sabe o quão alto eu posso contar? Eu posso contar até três…

O Clone de Sangue olhou para Meng Hao, ignorando completamente o papagaio e a gelatina de carne. Havia uma arrogância inata dentro dele que parecia estar em desacordo com o selo que o ligava a Meng Hao. Aquele conflito fez seu rosto se contorcer e de repente soltou um uivo na direção a Meng Hao.

Sua Base de Cultivo era especial. Era impossível sentir algo como Formação do Núcleo, Alma Nascente ou Separação Espiritual. Era como se não tivesse sequer uma Base de Cultivo. Tudo o que tinha era a aura assustadora que excedia a Base de Cultivo. Essa aura fazia com que parecesse um inimigo terrível de qualquer coisa viva que existisse.

Além disso, parecia que absorver o sangue e a força vital de poderosos especialistas fez com que sua aura crescesse ainda mais forte. Meng Hao tinha a sensação de que, embora ele o tivesse criado, se não fosse pela mágica do Imortal de Sangue, bem como várias outras técnicas de controle, ele estaria conduzindo ações instintivas aterrorizantes.

Olhando para o Clone de Sangue do Clã Ji rosnando lá, seu coração afundou um pouco. Dos registros do legado do Imortal de Sangue, ele sabia que sempre havia uma chance de revolta ocorrer quando se usava sangue para refinar espíritos. De um modo geral, isso aconteceria quando uma Divindade de Sangue surgisse. Isso raramente acontecia com os Clones de Sangue. As chances de acontecer eram praticamente inexistentes.

No entanto, este Clone de Sangue do Clã Ji, que embora fosse apenas um Clone de Sangue, estava subitamente mostrando sinais de revolta. Esta era, sem dúvida, uma situação que o Imortal de Sangue nunca previra. Essa situação fez Meng Hao pensar instantaneamente naquela misteriosa gota do sangue de Ji.

Foi nesse momento que os olhos vermelhos do Clone de Sangue de Ji cintilaram. Ele uivou e foi direto para Meng Hao. No entanto, naquele instante, os olhos de Meng Hao brilharam com luz vermelha. Suas pupilas ficaram vermelhas e símbolos mágicos apareceram dentro delas.

Isso instantaneamente fez o Clone de Sangue gritar e se afastar de Meng Hao.

Meng Hao bufou friamente. Ergueu a mão direita, fez um encantamento e sem hesitação, usou a técnica de legado do Imortal de Sangue. Todo o seu poder foi derramado num selo restritivo que colocou dentro do corpo do clone durante seu refinamento.

O Clone de Sangue gritou miseravelmente e começou a tremer. Depois de um tempo, o suficiente para queimar metade de um incenso, seu corpo de repente desmoronou, transformou-se numa gota de sangue. Meng Hao acenou com a mão para recolher o selo e, em seguida, pegou a gota de sangue.

Assim que o sangue tocou sua palma, transformou-se em um fio de seda. Este era o fio de seda da Larva Sem Olhos, que era o que Meng Hao usara para formar o núcleo do Clone de Sangue do Clã Ji.

A expressão de Meng Hao era a mesma de sempre enquanto cuidava do Clone de Sangue. No entanto, seu coração estava triste. Esta foi a primeira vez que o Clone de Sangue mostrou sinais de revolta, fazendo com que Meng Hao desencadeasse o poder total do selo restritivo. Se isso acontecesse novamente, Meng Hao temia que usar o mesmo selo restritivo seria ineficaz.

Seus olhos cintilaram em sua reflexão.

Se eu refinar o Clone de Sangue usando o método de conjuração de Espíritos de Sangue, então a eficácia do selo restritivo deve aumentar um pouco.” Com sua mente tranquilizada, Meng Hao liderou a Tribo do Corvo Divindade e a horda de neo-demônios para fora do campo de batalha. Ele coletou os cadáveres dos Sagrados Anciões, assim como a máquina voadora da Tribo dos Cinco Venenos, e lentamente se afastou.

Depois que saíram, uma onda apareceu no ar no topo de uma montanha não muito longe do campo de batalha, uma área que estava quase completamente submersa na água da chuva violeta. Zhixiang apareceu magicamente. Ela riu enquanto olhava na direção da Tribo do Corvo Divindade, que partia.

Parece que o subestimei novamente… Presumi que ele teria que pagar um preço alto para conseguir a vitória, talvez desperdiçar algum Qi da Espada Dançante. Eu nunca imaginei que tudo o que ele teria de fazer era usar o poder do Agáloco.

Quantas vezes ele pode convocar o Agáloco? E quanto do Qi de Espada ele tem?” Perdida em pensamentos, Zhixiang ficou ali por um tempo, com a testa franzida. Finalmente sorriu.

“Não importa. Qual é o objetivo de tentar descobrir essas coisas? Ainda faltam muitos anos para que o Plano Imortal do Demônio Primordial abra novamente. Eu poderia muito bem me divertir no Céu do Sul.” Rindo, seu corpo cintilou e ela desapareceu.

No momento que ela desapareceu, Meng Hao, que liderava os grupos da Tribo do Corvo Divindade, de repente olhou por cima do ombro, com os olhos brilhando intensamente.


Tradutor: Drago | Revisores: Delongas e Gafiam


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                           PRÓXIMO CAPÍTULO


Fontes
Cores