ISSTH – Capítulo 534 – Quem é o Pescador Agora?


Não importava se o Morcego Negro fosse dos tempos antigos. Na frente da Sétima Alma de Meng Hao, era completamente incapaz de fazer um contra-ataque. Ao recuar, seu corpo subitamente se dividiu em incontáveis pedaços, transformando-se em milhares de morcegos.

Os morcegos instantaneamente se espalharam em todas as direções em retirada.

Meng Hao estava atualmente consumido pelo desejo de matar. Ele deu um suspiro frio e depois acenou com a mão direita. A lança diabólica apareceu na frente dele. Deu um tapa na lança, enviando energia de sua Base de Cultivo para dentro dela  que explodiu instantaneamente.

A névoa negra resultante expandiu-se, cheia de inúmeros rostos malignos que dispararam na direção dos morcegos em fuga e começaram a consumi-los.

Em um piscar de olhos, inúmeros gritos miseráveis encheram o ar. Depois de apenas alguns instantes, restavam apenas algumas centenas de morcegos do grupo original de milhares.

Os morcegos restantes rapidamente se reformaram. Um estouro soou quando eles se transformaram de volta na sua forma física. Desta vez, não se parecia com o jovem, mas sim com o enorme morcego negro.

Os olhos do Morcego Negro estavam cheios de terror. No instante em que apareceu tentou fugir, mas Meng Hao voou para frente, aparecendo diretamente na frente dele. O morcego negro soltou um grito de desespero quando Meng Hao levantou a mão e enfiou o dedo na sua testa. O poder do extermínio entrou em seu corpo como ondulações de destruição que varreram o corpo do Morcego Negro.

Booms soaram incessantemente quando o Morcego Negro gritou. Seu corpo explodiu diretamente em uma névoa de sangue que se espalhou em todas as direções. Apenas a cabeça permaneceu, que Meng Hao agarrou e colocou em sua bolsa de carregamento.

Depois que a morte ocorreu, o ambiente lentamente ficou quieto e pacífico.

Enquanto isso, a quase um ano de viagem na região Norte do Deserto Ocidental, bem abaixo no fundo do mar, um cadáver estava sentado de pernas cruzadas.

Metade do seu corpo era humano, a outra metade de uma besta. Esta era a criatura da qual Meng Hao adquiriu a terceira espada de madeira na Terra Santa da Divindade do Corvo, muitos anos antes. Era também a mesma criatura que o jovem de manto negro havia absorvido em seu olho esquerdo e depois selado.

Agora, no entanto, o cadáver parecia diferente de antes; tinha asas de morcego visíveis saindo de suas costas. Ficou imóvel no fundo do mar, sem vida, cheio de uma aura de morte que era muito parecida com o Mar Violeta.

De repente, os olhos vazios do cadáver começaram a brilhar com a luz. O brilho tornou-se cada vez mais óbvio quando uma aura da vida apareceu repentinamente dentro de seu corpo. Sons de rachadura podiam ser ouvidos quando subitamente movia seu pescoço.

Seus lábios podres de repente se curvaram em um sorriso frio.

Pequeno Cultivador — disse o cadáver em uma voz rouca. — Ele se acha esperto e perspicaz, mas comparado a um espírito como eu, não é nada. No momento em que se congratulou da sua vitória, consegui escapar.

Ele é definitivamente poderoso, no entanto. Felizmente, eu estava duplamente preparado com um segundo corpo. Mesmo aquele corpo, na verdade, não estava ciente de meu plano. Pena que foi morto.

No entanto, isso também é bom. Porque ele acha que morri, posso assistir secretamente e ver os conflitos que se desenvolvem entre ele e o patriarca Huyan.

Quando o caranguejo e o molusco lutam, é o pescador que se beneficia. E eu sou o pescador! — O sorriso do cadáver ficou ainda mais frio e sombrio.

Este cadáver era o verdadeiro Morcego Negro. Mesmo sentado no fundo do mar, Meng Hao estava de volta ao local em que matara o jovem de manto negro, franzindo a testa.

Tudo tinha acontecido muito suavemente, quase como se fosse tudo uma farsa. Era como se nada tivesse acontecido. A profundidade da Base de Cultivo de Meng Hao tornou tudo incrivelmente simples.

No entanto, Meng Hao ainda sentia como se algo não estivesse certo.

Murmurando para si mesmo, seus olhos piscaram quando ele puxou a vara de pescar do Clã Ji. No instante em que tocou a vara, uma luz estranha cintilou em seus olhos. Ele assistiu enquanto os pedaços de carne e sangue que estavam espalhados ao redor, os restos do Morcego Negro, de repente pararam de se mover.

Em cada pedaço de carne ou sangue, os fios de carma podiam ser vistos. Chocantemente, quase todos eles estavam indo na mesma direção.

Os olhos de Meng Hao brilharam em concentração. Sua vontade começou a seguir os fios de carma pelo ar até que afundaram no Mar Violeta. Continuaram na direção norte, no fundo do mar, onde finalmente viu o cadáver com seu sorriso sombrio.

Assim que seu olhar caiu sobre o cadáver, seu rosto cintilou e olhou para cima, incrédulo.

Ao mesmo tempo, a vontade de Meng Hao desapareceu dos fios de carma. Ele voltou ao seu estado normal e guardou a vara de pescar, com o rosto extremamente sombrio.

Então, aconteceu assim! — disse olhando para a região Norte do Deserto Ocidental, com intenção de matar em seus olhos.

De volta ao norte, os olhos do Morcego Negro brilhavam com uma luz misteriosa, e sua expressão era de medo e suspeita. Finalmente, ficou ainda mais sombrio do que antes.

Eu estou subestimando esse cara. Qual método usou para me encontrar tão facilmente? Isso me deu uma sensação muito estranha.” Levantou-se pensativamente, depois saiu de dentro do Mar Violeta.

Não importa. Eu não posso mais ficar aqui. Eu preciso me esconder no Mar da Via Láctea. Este Meng Hao… é muito bizarro!” Seu corpo brilhou enquanto voava para longe.

A um ano de viagem, Meng Hao respirou fundo e depois afundou devagar no Mar Violeta. Sentou-se de pernas cruzadas no fundo do mar, os olhos brilhando com um intenso desejo de matar.

Eu posso estar longe, mas ainda tenho maneiras de te matar!” Ele fechou os olhos. Naquele instante, enviou sua vontade para o Mar Violeta.

A partir de agora, Meng Hao estava sendo encarnado no Mar Violeta da mesma forma que ocorreu quando estava no meio da Transformação Demoníaca. Desta vez, ele estava fundamentalmente acordado, então não se perderia.

Por causa disso, no entanto, seria incapaz de exercer o poder completo do Mar Violeta.

No momento em que Meng Hao afundou no Mar Violeta, o mar inteiro se agitou instantaneamente com ondas enormes, e um rugido encheu o ar. Na região Norte do Deserto Ocidental, o cadáver estava acelerando. De repente, manchas de sangue apareceram em seu corpo. Lá embaixo, o Mar Violeta rugiu e se transformou em um redemoinho. O rosto do cadáver se espantou instantaneamente.

Ao mesmo tempo, ouviu-se uma poderosa voz rugindo vinda de dentro do redemoinho.

Você quer enquadrar Meng Hao e fugir livre? Eu não penso assim. — A voz se tornou um rugido como o do trovão, fazendo com que o rosto do cadáver se espantasse ainda mais. Respirou fundo. Depois de parar por um curto momento, voou o mais rápido possível.

Ao fugir, a água na superfície do Mar Violeta, na região Norte do Deserto Ocidental, começou a se solidificar. Uma mão gigantesca de repente começou a se estender das águas profundas. A mão subiu na direção do cadáver em fuga.

No instante em que a mão tocou o cadáver, ele  abriu a boca para falar palavras estranhas e complexas. As palavras se transformaram num poder que parecia ser de um mundo diferente, cheio de aura antiga.

ESTRONDO!

O poder explosivo das palavras causou ondulações ao redor do cadáver. Dentro das ondulações, podiam ser vistos reflexos do mundo antigo que antes existira. A visão era indistinta, mas um rugido encheu o ar, no entanto.

A mão do Mar Violeta entrou em colapso. No entanto, a aura do cadáver estava claramente enfraquecida.

Sem hesitar, disparou em alta velocidade. No entanto, assim como aconteceu, mais oito mãos enormes de repente começaram a subir do mar, estendendo-se na direção do cadáver em fuga, tentando alcançá-lo.

Booms subiram pelo céu e ecoaram nas águas do mar. O cadáver, com o rosto cheio de espanto, cuspiu algum Qi vital. Ele executou um encantamento com as mãos, fazendo com que um poder ondulante aparecesse, era algum tipo de técnica mágica que Meng Hao nunca tinha visto antes.

Era formado por numerosos símbolos mágicos bizarros, cada símbolo com um poder único que o Mar Violeta era incapaz de resistir.

No Mar Violeta, Meng Hao bufou friamente. Mesmo quando o cadáver Morcego Negro ficou cada vez mais fraco, um rosto enorme de repente começou a se projetar para fora da superfície do mar.

O rosto era o de Meng Hao!

Meng Hao poderia ter sido submerso no fundo do mar, mas sua vontade estava envolvida numa batalha feroz contra o cadáver do Morcego Negro.

Enquanto isso, de volta às Terras Negras, num vale montanhoso cheio de flores de pêssego, estava o enorme portão do templo da Tribo da Perseguição Celestial.

O vale estava cheio de pássaros e da fragrância encantadora das flores. Era como um reino de imortais. Num pavilhão particular, havia dois homens de meia-idade.

Um estava sentado em meditação, o outro em pé. Um usava um manto negro, o outro branco.

No entanto, suas características faciais eram exatamente iguais.

O homem de manto branco estava sentado de pernas cruzadas em meditação. Parecia que sua vontade estava eternamente fundida com o mundo. A menos que algum evento chocante ocorresse e que abalasse toda a Tribo da Perseguição Celestial, permaneceria lá.

Ele estava completamente imerso na meditação, tendo passado anos se estabilizando depois de ter sua primeira Separação Espiritual e se recuperando do dano feito a seu corpo.

De modo geral, assuntos diários eram tratados por seu clone divino, que era, naturalmente, o homem de manto preto que estava na frente dele.

O rosto do homem de manto preto estava extremamente sombrio quando olhou para o jade quebrado que segurava na mão. Seus olhos irradiavam tristeza, e uma crueldade imensa.

Alguém se atreveu a matar meu único filho! Ele era um pouco arrogante e muitas vezes lidava mal com as coisas. Mas era meu único filho, o único filho de Huyan Yunming! Não importa o que faça, ninguém está qualificado para criticá-lo, muito menos matá-lo!

O homem de manto branco que estava em meditação não era outro senão o pai de Huyan Qing, o único Cultivador da Separação Espiritual da Tribo da Perseguição Celestial, o Patriarca Huyan.

O homem de manto preto, seu Clone Divino, também era a figura translúcida que Huyan Yunming tinha enviado naquele ano para roubar o Espírito Demoníaco de Meng Hao.

Se alguém mata o filho de Huyan Yunming, então eu vou exterminar todo o seu clã!” O homem de manto preto sacudiu a manga e desapareceu. Quando reapareceu, estava no ar acima das Terras Negras. Se teleportou e estava fora do Forte dos Portões Negros. Chocantemente, usou mais um novamente, e agora estava no ar acima do Mar Violeta

Seu Sentido Divino disparou, varrendo a área, procurando o local onde Huyan Qing havia sido morto e também, a pessoa que o matou.

Algumas horas depois, encontrou a localização. Ele flutuou lá pensativamente no ar, seu rosto ficou mais sombrio. Acenou com a mão, fazendo com que a jade de vida de Huyan Qing se transformasse em cinzas. Quando os pedaços de cinza flutuaram na área, eles começaram a brilhar.

As luzes suavemente brilhantes começaram a se condensar numa tela. Visível na tela estava o jovem de manto negro!


Tradutor: Drago   |   Revisores: Delongas & Bravo   |   QC: Danielle


Será que esse próximo é fake: não custa nada tentar não é mesmo?

 

 


Fontes
Cores