TMW – Capítulo 335 – Duas Horas

CAPÍTULO ANTERIOR

Todos sabiam que com mais de dez pessoas lutando sem parar contra ele, Yi Yun com certeza não seria capaz de durar mais do que algumas rodadas. No entanto, ainda queriam ser a última pessoa a acabar com a situação. Como figuras proeminentes do Reino Divino Yun Long, ninguém queria ser o segundo Murong Guang, portando ferimentos graves que afetariam o próprio futuro.

Neste momento, a mão esquerda de Yi Yun tremia gentilmente. Vasos sanguíneos começaram a saltar. Embora não tenham sido rompidos, ainda pareciam estar sob intensa pressão. Ele ainda mostrava sinais de esgotamento por ter usado aquele ataque de espada.

Ele pegou outro recipiente de sangue e virou-o num gole.

Muitas pessoas ficaram sem palavras ao verem isso. Sentiam que Yi Yun sofreria uma calamidade dos céus e seria atingido por um raio. Ele sempre surpreendia os outros. Suas mãos já estavam tremendo; os meridianos e vasos sanguíneos em seu braço foram rompidos e seu Qi Yuan foi grandemente esgotado. Pelo que parecia, ele não devia durar muito, mas ainda assim, quase matou Murong Guang com seu ataque de espada. Ao fazer isso, os outros perderam a confiança.

E aquele sangue de besta, o que era aquilo?

Parecia que os efeitos eram bem notáveis após bebê-lo. Se fosse o sangue de uma besta desolada comum, os efeitos não deveriam ser assim.

Se fosse o de uma linhagem primordial, ignorando sua preciosidade, não seria fácil absorvê-lo com seu nível de cultivo.

Para muitos guerreiros, o sangue de uma linhagem primordial não era diferente de veneno.

Sem saber de todos os detalhes, muitos gênios do Reino Divino Yun Long fiaram em um dilema.

Estavam preocupados com as perspectivas futuras, pois amavam a vida que tinham. Quando acreditaram que não poderiam derrotar Yi Yun, todos hesitaram e ninguém tomou a iniciativa de dar um passo à frente.

Neste momento, Bai levantou-se silenciosamente. Sem dizer nada, caminhou até o Palco da Região Selvagem Divina.

Quando Yi Yun viu-o aparecer, suas pupilas se contraíram. Agarrou o cabo de sua espada com força e respirou lentamente. Neste momento, ele era como uma besta desolada posicionada para atacar.

Finalmente enfrentaria o jovem de preto!

Ele conseguia ver que seria difícil. Se ainda estivesse na melhor condição possível, estaria ansioso e confiante. Entretanto, agora, nada disso estava presente. Ele não sabia o quão forte era Bai nem sabia que movimentos tinha.

Toda a arena ficou em silêncio na mesma hora.

Todos estavam observando o Palco da Região Selvagem Divina em silêncio, esperando pela batalha final.

Nos bancos dos participantes, Wen Yu, Chu Xiaoran e outros guerreiros da Cidade Divina estavam preocupados com Yi Yun. A menos que um milagre acontecesse, era improvável que ele fosse capaz de usar aquele forte ataque de espada mais uma vez.

Sem isso, ele ainda seria capaz de vencer o insondável jovem de preto?

Entre essas pessoas também estavam os Anciões. A expressão os Anciões estava solene. Não sabiam qual seria o resultado. Agora, Cang Yan não se importava mais se Yi Yun ganharia ou não o campeonato geral, só não queria que ele sofresse contratempos. Caso isso acontecesse, não terá valido a pena.

No canto da arena estava uma garota de vermelho. Ela observava a tudo em silêncio.

Era Luo Huo’er.

Ela disse que era ruim em combate para não participar do torneio da aliança. Entretanto, acabou vindo à arena para assistir à batalha final.

Já que estava ali para assistir, não estava preocupada com a descoberta de alguma anormalidade, contanto que não revelasse a energia especial dentro de seu corpo.

— Senhorita, aquele jovem de preto parece muito forte…

Ao lado de Luo Huo’er estava a baixinha Dong’er.

— Tch, você está preocupada com aquele patife do Yi Yun?

Dong’er se calou na mesma hora. Ela olhou para Luo Huo’er. Ainda não tinha certeza do que Luo Huo’er pensava, por isso, neste momento, sentiu que era melhor ficar quieta.

No Palco, o jovem de preto abraçava sua espada e não atacava Yi Yun.

— Vocês dois estão prontos? — Um árbitro da Cidade Divina Tai Ah perguntou.

Neste momento, Bai estendeu um dedo e olhou para Yi Yun.

— Duas horas! Vou esperar que descanse por duas horas!

Quando disse isso, toda a plateia ficou chocada.

Duas horas? O jovem de preto estava dando duas horas para que Yi Yun se recuperasse?

Nos assentos de honra, o Proprietário do Pagode da Sétima Estrela franziu a testa.

Ainda que tivesse total confiança em Bai, que mesmo enfrentando Yi Yun em seu ápice, teria de 80% a 90% de chances de ganhar, não queria que ele desse tempo para que o adversário recuperasse sua fora física.

Afinal de contas, esta batalha era de grande importância. Se uma garantia de 100% pudesse ser conseguida, isso não seria grande coisa. Mas, agora, depois de ter perdido na divisão dos adolescentes, caso a competição do grupo geral tivesse algum contratempo, ele seria ridicularizado por um número gigantesco de pessoas quando retornasse ao Reino.

— Bai! Não seja tão arrogante! — ele disse com uma voz severa que trovejou nos ouvidos de Bai. — Você não tem o direito de subestimar o inimigo neste momento!

— Não estou sendo arrogante nem o subestimando. Apenas quero ter um duelo adequado e apropriado. Se o Lorde Proprietário do Pagode não gostar, pode encontrar outra pessoa para me substituir.

— Seu… — O Proprietário do Pagode da Sétima Estrela olhava para os outros conforme franzia a testa ainda mais. Se Bai não enfrentasse Yi Yun, seria inútil esperar que os outros conseguissem.

Ele já conhecia a personalidade de Bai. Não importava o que os outros dissessem, quando se decidia, não voltaria atrás. Isso lhe incomodava muito.

Sem ter outra escolha, acabou aceitando. Sabia que o punir também não ajudaria muito.

— Duas horas? — Yi Yun olhou para Bai, com surpresa. Nunca imaginou que seu adversário teria tal pedido. Ele olhou para a autoridade do Reino Divino Yun Long, o Proprietário do Pagode da Sétima Estrela, o qual não tinha objeções.

Sendo assim, Yi Yun sentou-se de pernas cruzadas.

— Mesmo que você me dê tempo, não serei leniente!

— Assim que eu gosto! — Sua voz estava clara. — Descansar por duas horas ainda não vai recuperar o seu braço, então… ainda não é a batalha que eu quero.

Bai olhou para a mão de Yi Yun e sentiu um certo arrependimento. Ele queria experimentar o poder daquele ataque de espada

— Você terá a chance no futuro.

Yi Yun começou a regular sua respiração rapidamente. Ele só precisava de tempo para absorver as duas doses de sangue que bebera.

Duas horas eram extremamente importantes para ele.

Seu oponente não era apenas Bai, mas todo o resto.

Sabia que essa luta seria muito mais difícil do que aquela contra Feng Lin. Depois de terminar, mesmo se ganhasse, lhe sobraria ainda menos Qi Yuan.

Ainda havia um pouco de sangue do Corvo Dourado. Usar todo o sangue precioso e o Qi Yuan restante para lidar com os 11 membros do Reino Divino Yun Long que ainda restavam seria extremamente difícil.

O tempo passava lentamente enquanto todos observavam o palco com a respiração suspensa. Ninguém falou nada nem saiu.

Todos eles esperavam as duas horas passarem.

A mão de Yi Yun já não sangrava mais, e seus meridianos estavam lentamente se ligando. Contanto que não usasse todo a intenção de espada do Palácio da Espada de Yang Puro, suas mãos ficariam bem.

Ainda meditando, sentia o sangue da linhagem do Corvo Dourado em seu corpo queimar. Essa energia fez seu corpo se encher de espírito de luta.

Bai observou-o de uma distância de 30 pés. Pouco a pouco, envolvia um pano branco em sua mão. Quando terminou de o envolver, levantou-se e disse com calma:

— O tempo acabou.


Tradutor: Apollo | Revisor: N/A


Fontes
Cores