ZTJ – Capítulo 193 – Era uma vez… Três Pessoas (II)


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                       PRÓXIMO CAPÍTULO


A segunda pessoa suspeita de mudar com sucesso o seu destino era o Imperador Taizong.

O imperador Taizong tinha muitos apelidos, como o Lorde dos Sábios Milenares ou o Grande Lorde da Geração, etc. Ao longo da história, muito poucos reis soberanos foram tão impressionantes como ele foi. O seu maior feito como Imperador e pelo qual o fez receber os maiores elogios de muitos cidadãos, naturalmente, foi por ele estar liderando o exército aliado de humanos e semi-humanos para adquirir vitória contra os formidáveis demônios.

Com o passar do tempo, as pessoas só lembraram que o exército aliado das duas raças seguiu por várias expedições ao norte sob o comando do Imperador Taizong, juntamente com o controle meticuloso do governo da Dinastia Zhou. Eles derrotaram o exército da raça demônio e os fez fugir em todas as direções. Com exceção dos que focavam em estudar a história, muito poucas pessoas lembravam de quando foi fundada a Dinastia Zhou.

Quando primeiro foi fundada, o imperador tinha implorado como um cão para a paz na frente da vanguarda da raça demônio e perseverou perto das portas da morte. Quanto ao famoso Tratado do Salgueiro Caído na memória das pessoas, o seu significado já era completamente diferente da razão original do qual foi originalmente formado.

No terceiro ano da ascensão ao trono na frente do Mausoléu dos Livros, o grande exército dos demônios começou a invadir o sul. Naquela época, a guerra nas planícies centrais acabara de terminar, e a maioria das pessoas vivia na pobreza. O resultado era de ter um país enfraquecido, que não tinha nenhum método para resistir. O Imperador Taizu só poderia jurar fidelidade, tornou-se um súdito e pagava tributos a raça demônio. Depois, como a força da Dinastia Zhou lentamente rejuvenescia, tentaram expandir suas fronteiras para o sul. Como resultado, Taizu e seus três filhos lideraram um exército para a guerra, apenas deixando para trás o Imperador Taizong que ainda era o Príncipe de Qi, com o intuito de proteger a capital.

Os demônios se aproveitaram disso e invadiram o Sul, conquistando o Condado de Tianliang como que em um piscar de olhos. A vanguarda estava prestes a atacar a Luoyang, ameaçando por inteiro o mundo humano. O Imperador Taizong enganosamente implantou suas tropas enquanto conduziu pessoalmente muitos generais e assessores do Palácio do Príncipe de Qi para encontrar o Lorde Demônio nas Planícies do Salgueiro Caído. Havia rumores de que o Lorde Demônio estava surpreso por como ordenada e poderosa as formações das tropas estavam ou que Zhou Dufu apareceu, silenciosamente, sob cinco salgueiros. De qualquer forma, antes da grande guerra começar, o Imperador Taizong ofereceu uma grande quantidade de riqueza e recursos, mostrando, assim, uma vez mais, submissão aos demônios. Oferecendo um unicórnio branco puro, os dois lados assinaram um tratado, e o grande exército dos demônios retornou para o norte.

O Tratado do Salgueiro Caído fora uma aliança secreta formada da humilhação.

Nos livros de história, o Imperador Taizong era conhecido como um homem perfeito e foi nomeado de acordo com seu mérito. No entanto, aquele que estava destinado a se tornar o Grande Lorde da Geração, obviamente, tinha seu orgulho. Sendo assim, como ele poderia esquecer este período humilhante da história? Três anos após o evento no Jardim das Cem Ervas, o Imperador Taizong, aqueles sujeitos lendários e os generais divinos finalmente começaram a se preparar para pegar de volta a honra e dignidade da raça dos demônios. Este foi o catalisador para uma guerra de grande escala.

Sob o governo de dois lordes sábios, a Dinastia Zhou usou todos os seus recursos para se fortalecer. Acontece que isto coincidiu com o segundo renascimento do mundo do cultivo. Este renascimento foi a milhares de anos de idade e inúmeras figuras lendárias como Wang Zhice apareceram, várias vezes. Adicionando-se à aliança entre o Imperador Taizong e os semi-humanos, eles receberam forte apoio, o que permitiu que o exército aliado produzisse resultados fantásticos pela primeira vez na guerra.

Nas décadas seguintes, as chamas da guerra nas planícies do Norte nunca foram apagadas. O Imperador Taizong e os lendários especialistas constantemente atacaram a raça dos demônios, e depois de três expedições ao norte, a vitória foi finalmente decidida entre os dois. A raça demônio sofreu uma derrota esmagadora e retornou à cidade de Xuelao. Eles ficaram com medo de dar mais um passo em direção ao sul.

Pode-se haver inúmeras razões para a raça humana derrotar a raça dos demônios: o lorde era sábio, o Império era forte ou especialistas apareceram um após o outro como mencionados antes. No entanto, não importava quantas explicações havia, era muito difícil explicar ao olhar de perto nesse período da história. A grandiosa raça de demônios uma vez governou toda a região norte do continente. Então, como poderia serem derrotados em apenas algumas décadas, e como poderiam mudar as posições de poder entre os dois lados tão drasticamente? Parecia que havia um poder oculto que protegia o Imperador Taizu e o destino da Dinastia Zhou, que constantemente comiam a moral da raça dos demônios.

O que exatamente era esse poder oculto? Era o poder do destino? Quando o Imperador Taizong mudou o seu destino, ele também mudou o destino do mundo humano?

A terceira pessoa que parecia ter mudado com sucesso o destino ainda estava viva.

Ela era o governante do mundo humano de hoje, a Imperatriz Divina.

Talvez porque ela ainda estava viva, há muito poucos boatos sobre o sucesso da Imperatriz Divina na mudança do destino. Muito poucas pessoas eram corajosas o suficiente para falar sobre esse assunto, mesmo que estivessem em casa nas suas camas[1].

No entanto, desta maneira, muitas pessoas especulavam.

Como uma mulher poderia conquistar o mundo e sentar-se no trono do imperador como um rei soberano? Se a Imperatriz Divina não tivesse mudado seu destino, como um evento como esse que nunca antes aconteceu poderia acontecer agora?

As lendas descreveram três pessoas que pareciam ter conseguido o ato de revoltar-se contra os céus e assim mudarem seus destinos. Estas três pessoas eram Taizu, Taizong e a Imperatriz Divina. Eles também eram as três pessoas mais bem sucedidas nos milhares de anos deste continente. Na opinião do Chen Changsheng, não havia “parece”, porque antes dele ter deixado a aldeia do antigo templo de Xining, seu mestre Daoista Ji uma vez lhe explicara muito claramente, que apenas três pessoas tinham conseguido mudar o seu destino.

Embora tivesse usado a palavra “apenas”, no entanto, ele estava certo sobre essa história.

A fim de mudar o destino, teria-se que alterar a posição de uma Estrela Destinada no céu noturno. A razão de Chen Changsheng para viajar para a capital e participar no Grande Exame era para encontrar um método de mudar a posição da sua Estrela Destinada ao entrar no Pavilhão Lingyan. Este método deve ter sido uma técnica que o primeiro Papa da Ortodoxia e Imperador Taizu usaram em segredo, que era o método que o Imperador Taizong e a Imperatriz Divina devem também ter usado.

O que Chen Changsheng não entendia completamente era que, como era a técnica secreta da Ortodoxia, por que seu mestre não lhe disse para encontrar um caminho para o Palácio Li para investigar? Em vez disso, ele disse para Chen Changsheng fazer tudo o que pudesse para entrar no Pavilhão Lingyan e chegar na frente do retrato de Wang Zhice. Ainda assim, não importava o quão lendário fosse Wang Zhice, ele não fez nada relacionado em se revoltar contra os céus em razão de mudar seu destino.

Neste momento, os muros de pedra azuis produziram um suave clique.

Despertando de suas reflexões, olhou para a parede e viu que aquelas linhas de bronze complicadas e ilegíveis que cobriam a caixa já haviam se transformado em uma imagem completamente diferente de antes. Os pequenos e delicados botões de bronze já haviam se deslocado de posição, e depois que duas molas centrais retraíram-se, a caixa inesperadamente abriu.

O método para desfazer os dezessete pares de correntes era extremamente complicado, e ele nem sabia se estava correto ou não até o finalizar. Todavia, ele abriu a caixa em uma única tentativa, que deveria ser considerado, normalmente, como uma sorte grande.

Ele puxou um lenço da manga e limpou o suor em sua testa. Lambeu os lábios já um tanto secos. Ao estender a mão para a caixa, ele, de repente, percebeu que estes botões de bronze e as linhas… eram, na verdade, o mesmo que as estrelas e as linhas invisíveis nas entrelinhas do céu noturno. Entretanto, apenas estavam em forma simplificada.

Este foi apenas um achar simples da parte dele, então não continuou a ponderar sobre e estendeu a mão para tirar o livro de dentro da caixa. O Pavilhão Lingyan bloqueava toda luz e som, e o livro foi mantido dentro do muro de pedra azul. Como resultado, mesmo após centenas de anos, o livro ficou apenas ligeiramente frágil em torno das bordas, e as páginas estavam ainda puras e brancas como se o mesmo fosse ainda novo. As palavras estavam frescas tal como se fossem acabadas de serem escritas.

O livro não tinha quaisquer palavras em sua capa, então a primeira vez que Chen Changsheng viu palavras foi em sua primeira página. Estas palavras não eram afiadas, mas arredondadas, tal como rochas em montanhas. Eram demasiado distintas.

“As posições são relativas.”

Vendo estas quatro palavras, Chen Changsheng olhou fixamente sem qualquer ideia para elas. Ele não entendeu seu significado. Depois de pensar com seriedade, ele percebeu que não havia pistas importantes, então continuou a ler. A segunda página era densamente coberta com palavras. A letra era elegante, porém, não frívola, e, de todo modo, não tentava parecer brilhante[2]. Só depois de ver esta página que ele finalmente verificou que este livro era de fato o diário de Wang Zhice[3].


¹-(Enxarcado: “AQUI TEM CORAGE!”).
²-Aqui seria no intuito de se parecer inteligente, sagaz, etc.
³-(Asura: 190 capítulos de puro sofrimento para isso, GLÓRIA A DEUS IRMÃOXXXX).


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!
dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC:Asura


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                       PRÓXIMO CAPÍTULO



Fontes
Cores