CC – Capítulo 236 – Raposa Vermelha


Não seríamos capazes de arrastar o corpo do Elefante Demônio para fora da sala sem desmantela-lo, assim, nós apenas o deixamos lá.

Afinal, eu obviamente sofreria para guardar algo tão grande dentro da minha Bolsa de Itens.

Alguns dos ladrões recuperaram suas consciências, mas nenhum deles se livrou das cordas e escapou, talvez devido a técnica profissional de amarras de Suzuki.

Os homens do teto ainda estavam inconscientes, então os amarramos e os descemos.

No fim, eles nem mesmo vislumbraram seus inimigos.

— O que você está fazendo?

Suzuki pegou um enorme número de folhas de sua Bolsa de Itens.

Ele está limpando o lixo… provavelmente não.

— Queimar essas folhas irá emitir uma fumaça colorida.

Suzuki disse enquanto pegava uma pederneira1 para acender o fogo, mas ele não parecia estar conseguindo.

Eu podia acender fogo com magia… eu pensei comigo mesmo, mas eu queria reduzir meu uso de Poder Mágico.

Espere, é isso mesmo. Eu não preciso de magia se há uma pederneira.

— Deixe-me fazer um teste. Eu tenho uma habilidade que me permitirá usar pederneiras de forma competente.

— Existe uma habilidade dessas?

— Eu acabei de aprende-la. A habilidade do Ladrão Oportunista: Ignição.

— Isso parece mais uma habilidade de Incendiário do que de um Ladrão Oportunista.

— Eu tive esse exato pensamento, então você não precisa dizer mais nada.

Eu respondi e usei a pederneira. Mesmo sendo a primeira vez que eu estava a usando, eu podia dizer precisamente como utilizar a ferramenta. Eu estava fisicamente segurando uma2.

As folhas pegaram fogo com facilidade.

Quando isso aconteceu, fumaça roxa subiu ao céu.

A cor parecia venenosa, mas a fumaça não parecia ser nociva.

— Um sinal de fumaça, huh?

— É um sinal para o subordinado do Conde Paul nesta ilha. Acredito que seus subordinados em breve chegarão.

— Entendo… então vamos comer um cup lámen enquanto esperamos por eles.

Eu disse e, assim como antes, na cidade de Belasra, combinei Água Pequena e Fogo Pequeno para criar água quente e a direcionei para dentro de uma panela.

— Tão habilidoso. Por acaso você tem Cup Udon3?

— Eu tenho Raposa Vermelha.

—Sério!? Posso ficar com esse?

— Eu comprei cerca de três mil caixas, então está tudo bem, mas você não tem alergia ao trigo?

— Yeah, eu tenho. Mas quando eu aumentei meu level de Cavaleiro Sagrado, aprendi um feitiço para temporariamente ficar imune a veneno. Graças a essa habilidade, agora eu posso até comer pão. No entanto, o efeito do feitiço só dura cinco minutos e o tempo de recarga é bem longo, então eu tenho que comer com pressa.

Eu peguei um cup udon da “Raposa Vermelha” e um cup lámen do “Imperador Rá”.

A água quente na panela estava um pouco morna, então eu a aquecia um pouco mais com o fogo que estava na minha frente.

— Eu realmente não quero ferver a água usando a chama com fumaça.

— Você não falou que as folhas não eram venenosas?

Não seria um problema se elas só emitissem fumaça.

Eu mergulhei cada um de nossos macarrões instantâneo na água após ela começar a ferver.

A propósito, eu era do tipo que descartaria a água quente após misturar tudo uma vez com meus hashis4 e então o cup lámen estaria pronto após eu adicionar água quente e sopa, portanto eu não precisaria esperar por três minutos.

Ah, mas a Raposa Vermelha precisaria de cinco minutos.

— Ha… gostoso.

— Hey, Kusunoki-kun, posso dar uma mordida?

— … só uma.

Eu queria muito recusar, mas esse era o primeiro macarrão instantâneo de Suzuki após três anos.

Ele então invocou seu feitiço.

— Intervalo de Antiveneno. Haaa, delicioso. É a primeira vez que eu experimento cup lámen… eu não sabia que era tão delicioso.

— Não foi só nos últimos três anos!? Eh? Você nunca comeu cup noodles5?

— Minha família é uma família de médicos. Eu fui proibido de comer qualquer coisa que fosse ruim para o corpo, então foi bem difícil.

— Entendo… mas o conhecimento dos médicos não se aplica neste mundo, certo? Magia não pode tratar doenças, não pode?

— Eu só tenho um nível de estudante desse conhecimento. Eu devia ter lido os livros sobre medicina se soubesse que isto iria acontecer.

Suzuki respondeu com infelicidade.

Ele enrolou a tampa da Raposa Vermelha e lambeu o caldo da sopa.

— Ah, isso estava delicioso. Eh? Este não é o caldo de dashi6 de Kansai7?

— Oh, você o reconheceu? Raposa Vermelha tem quatro caldos de dashi: Japão do Leste, Japão do Oeste, Kansai e Hokkaido8. Eu pedi todos os quatro tipos e gostei mais do dashi de Kansai, assim, minha irmã mais nova comprou esse para mim.

— Você chegou até a pedir esses, huh. Haa, mas está delicioso… como esperado do povo japonês.

Assim que Suzuki falou isso, eu notei várias presenças se aproximando de nós.

Eu segurei minha espada por precaução,

— Suzuki-sama! Somos subordinados do Conde Paul.

Após verificar que os dez soldados vestidos com trajes de soldados regulares tinham empregos como Espadachim e Lanceiro, e não havia nenhum emprego criminoso entre eles, eu relaxei a pegada em minha espada.

Depois disso, eles prenderam todos os ladrões… e nós os contamos sobre o outro esconderijo onde eles esconderam o navio de contrabando.

E mencionamos que o companheiro deles, que se disfarçou de Guerreiro da Morte, também estava trancado lá.

— Nós vamos imediatamente relatar este assunto para os superiores. Suzuki-sama, Ichinojo-sama, nós iremos escoltá-los para a cidade, então por favor, descansem.

Parecia que seríamos guiados para o próximo local.

Fuu, acho que posso descansar um pouco agora.

Com isto eu atravessarei o Continente do Sul sem nenhum problema… eh, espere um minuto?

— O plano não era nós usarmos o navio de contrabando para ir ao Continente do Sul? Mas não iremos mais atravessar o Continente do Sul já que derrotamos a tripulação de contrabandistas? Não me diga que vamos parar nesta ilha?

— Não se preocupe. Vou fazer algo sobre isso.

Suzuki disse e piscou.

Receber uma piscada de um cara foi terrível, mas eu decidi confiar nele.

Se ele mentiu para mim, eu vou monopolizar todos os tesouros que recebemos do grupo de contrabandistas.

— Ah, mas isso terá que esperar até eu terminar este udon… ah…

A frase de Suzuki foi cortada; então ele também notou.

Que seu feitiço de imunidade a veneno terminou.

O tempo de recarga era de 30 minutos.

Suzuki comeu o macarrão empapado com uma expressão que indicava que ele estava a ponto de chorar.

— O udon não teria ficado empapado se você tivesse o guardado na Bolsa de Itens.

Eu falei assim que isso me veio à mente; Suzuki realmente chorou.


Tradutor:



Notas

[1] A pederneira é um sílex pirômaco (um tipo de rocha sedimentar) capaz de produzir faíscas quando percutido ou atritado por peças de metal, em especial o ferro. Muito utilizado em peças antigas de artilharia, espingardas, isqueiros etc., gera faíscas, tornando fácil se fazer fogo em qualquer clima, em qualquer altitude, até mesmo sob tempestades e neve. É possível se fazer uma fogueira em qualquer lugar usando apenas uma pederneira e um pouco de vegetação seca, pois ela funciona até mesmo estando molhada.

[2] Ichinojo está fazendo um trocadilho aqui. A expressão idiomática para “Entender precisamente” está escrita como “segurando em sua mão” em japonês.

[3] Udon é um tipo de macarrão grosso feito de farinha, popular na culinária japonesa. Udon é servido normalmente como sopa, em caldo quente à base de dashi, shoyu e mirin.

[4] O hashi, pauzinhos ou palitinhos, são as varetas utilizadas como talheres em parte dos países do Extremo Oriente, como a China, o Japão, o Vietnã e a Coreia. Os hashis são usualmente feitos de madeira, bambu, marfim ou metal, e modernamente de plástico. O par de pauzinhos é tradicionalmente manuseado com a mão direita (embora atualmente seja aceitável manuseá-lo com a mão esquerda), entre o dedo polegar e os dedos anelar, médio e indicador, e serve para apanhar pedaços de comida ou empurrá-los diretamente da tigela para a boca.

[5] Cup Noodles é um tipo de macarrão instantâneo preparado num copo de plástico. O produto foi inventado por Momofuku Ando. O lámen desidratado se encontra dentro de um recipiente resistente à agua, o qual é usado para cozinhar sem a necessidade de outros utensílios. Existem distintos sabores e variantes em várias marcas por todo o mundo. O prato se caracteriza como fast-food por seu baixo preço e fácil preparação.

[6] Dashi é um caldo rico em umami utilizado na culinária japonesa. Normalmente, o dashi contém uma ou mais das seguintes substâncias: ácido glutâmico, ácido inosínico e ácido de guanosina. O dashi pode ser extraído de animais, hortaliças, cogumelos e algas marinhas. A sua forma mais comum é um simples caldo de pescado ou feito aquecendo-se kombu e katsuobushi (flocos de atum seco) em água. Dashi forma a base para sopa de miso, caldo para macarrão, e vários outros tipos de comidas. Muitas pessoas usam granulado ou líquido instantâneo.

[7] A região de Kansai, ou região de Kinki, encontra-se no centro-sul da ilha principal do Japão, Honshū.

[8] Hokkaido, anteriormente conhecida como Ezo, Yezo, Yeso, ou Yesso, é a segunda maior ilha do arquipélago japonês, e é a maior e mais setentrional das prefeituras do Japão. É separada de Honshu pelo Estreito de Tsugaru. As duas ilhas são conectadas pelo Túnel Seikan. Suas principais cidades são Sapporo (capital), Obihiro, Otaru, Asahikawa, Kitami e Kushiro. A cerca de 43 quilômetros ao norte de Hokkaido está a Ilha Sacalina, na Rússia, enquanto ao leste e nordeste estão as disputadas Ilhas Curilas, sob poder da Rússia desde o fim da Segunda Guerra Mundial. A prefeitura é banhada ao norte e a leste pelo mar de Okhotsk, ao sul pelo oceano Pacífico e a oeste pelo mar do Japão.



Fontes
Cores