TER – Capítulo 143 – A identidade do Mestre da Guilda


Erza (♂) nos levou para a sala do Mestre da Guilda ao nos guiar por um lance de escadas. Nós fizemos Urushi continuar nas sombras, já que estávamos visitando alguém importante.

— Eu trouxe Fran como você me pediu Mestre da Guilda.

— Obrigado Erza, e olá mais uma vez Fran.

— Dias.

— Estou feliz por ver que você ainda se lembra de mim.

Estávamos surpresos em ver um rosto familiar, o homem que nos deu uma mão há pouco do lado de fora dos muros da cidade, esperando por nós no escritório do Mestre da Guilda. Ele parecia estar nos esperando, enquanto estava de pé em sua sala com um enorme sorriso em seu rosto.

— Dias é o Mestre da Guilda?

— Eu sou. Acho que vou me reapresentar. Eu sou Dias, o Mestre da Guilda dos Aventureiros de Ulmut.

— Nn. Espero nos darmos bem.

Ah, então ele era o Mestre da Guilda. Entendo, agora eu entendi. Os guardas se referiram a ele de forma muito respeitosa porque ele era a pessoa responsável pelos aventureiros em uma cidade com uma porrada de aventureiros.

Ó, verdade, é melhor avalia-lo antes de esquecer de novo.

 

Nome: Dias Idade: 71 anos
Raça: Humano
Classe: Guerreiro Mágico Fantasma Level: 76/99
Condição: Normal
HP: 241 MP: 668
Força Física: 122 Resistência: 110
Agilidade: 291 Inteligência: 389
Mágica: 278 Destreza: 389
HABILIDADES
Senso Único Lv4 Furtividade Lv6 Técnicas de Combate de Mãos Vazias Lv3 Habilidades de Combate de Mãos Vazias Lv4 Antidetecção Lv6 Detecção de Avaliação Lv8 Imperceptível Lv7 Magia Lv8 Detecção de Ponto Vital Lv4 Etiqueta da Corte Lv6 Detecção de Presença Lv6 Eliminação de Presença Lv6 Magia de ilusão LvMáx Magia Fantasma Lv6 Resistência a Confusão Lv4 Detecção de Fraqueza LvMáx Ação Furtiva Lv3 Resistência a Status Anormais Lv3 Técnicas com Espada Curta Lv7 Habilidades com Espada Curta Lv7 Magia da Terra Lv3 Prestidigitação1 LvMáx Arremesso Lv7 Magia do Fogo Lv3 Resistência a Charme Lv4 Carpintaria Lv4 Remoção de Armadilha Lv4 Detecção de Armadilha Lv8 Criação de Armadilha Lv7 Manipulação de Vigor Aliviar Sensação de Dor Indomável Divisão de Pensamento Manipulação de Magia Aumento Menor na Magia
HABILIDADES ÚNICAS
Tecnicamente Senil Lv7
HABILIDADES INERENTES
Pensamento Induzido Lv8 Campo de Visão Induzido Lv8
TÍTULOS
Mestre da Arte da Ilusão Mestre da Guilda Trickster2 Aquele que Supera os Limites da Mediocridade Aventureiro Rank A
EQUIPAMENTOS
Espada Curta de Presa de Dragão Terno de Escamas de Dragão Manto de Couro de Dragão Sapatos dos Pés Acelerados Bracelete de Substituição Anel do Mago

 

Hmmm, ele com certeza parece forte. Ambos seus status e habilidades pareciam claramente ridículas, e ele parecia ser capaz de lutar em qualquer distância. Ele também tinha muitas habilidades que o faziam tirar vantagem dos pontos fracos de seus inimigos. Ignorando as magias relacionadas a espetáculos, ele mais ou menos parecia ser um assassino.

Para completar, ele até tinha uma habilidade única.

 

Tecnicamente Senil
Força o alvo a esquecer que ele tem uma certa habilidade por um período fixo de tempo. Este período de tempo e o tempo de recarga do Tecnicamente Senil dependem do level e da raridade da habilidade do alvo.
Período máximo de senilidade: um minuto.

 

Puta merda, isso é OP. Esquecer que você tem uma habilidade no meio do combate pode ser fatal.

 

Pensamento Induzido
Permite que o usuário momentaneamente redirecione a linha de pensamento do alvo.

 

Campo de Visão Induzido
Permite que o usuário momentaneamente redirecione o campo de visão do alvo.

 

Suas duas habilidades inatas, combinadas com Imperceptível, Furtividade, e outras habilidades similares, deviam o permitir fazer com que seus oponentes perdessem o rastro dele, em especial se ele fizesse uso de suas magias baseadas em ilusão. O nome de sua classe parecia indicar o fato de que ele era especializado no uso de habilidades ilusórias em conjunto com magias parecidas com truques, o que significa que ele era muito mais difícil de se lidar do que seu status parecia indicar.

— Hahaha. Parece que você acabou de me avaliar.

Espere, como?

— A habilidade Detecção de Avaliação me permite sentir aqueles capazes de usar Avaliação. Ela também me permite saber se isso for usado em mim. Só por curiosidade, você consegue ver minha habilidade única?

— Nn.

— Eu sabia. Sua Avaliação com certeza é de alto nível. Para falar a verdade, eu usei minha habilidade única quando nos conhecemos mais cedo, assim, você esqueceu de me avaliar, dessa forma, eu não seria descoberto porque queria te dar uma pequena surpresa aqui e agora. Infelizmente, você não parece nem um pouco surpresa. Parece que minha pequena travessura acabou falhando.

Ó, verdade, isso explica o porquê eu me esqueci de avalia-lo antes. Puxa, sabia que algo estava errado. Na verdade, eu estava tão confiante que estava ficando paranoico, imaginando que estava sendo atacado por um Stand3.

Tá, nada disso, isso foi apenas uma completa besteira. Vou ser sincero e culpar minha própria imprudência.

— Sua habilidade Avaliação com certeza tem um elevado nível. Você colocou minha habilidade em um tempo de recarga de três dias, e eu nem consegui pregar minha peça com sucesso. Oras, por que fui inventar isso?

— Sua própria culpa.

— É, eu sei. Vou tornar sua estadia aqui muito mais conveniente como um pedido de desculpas, então você poderia por favor parar de me encarar?

Então, todo aquele ato cavalheiresco que ele fez do lado de fora da cidade foi apenas um estratagema em nome de uma pegadinha? A forma infantil como ele juntou suas mãos e abaixou sua cabeça fez parecer que meu palpite estava correto. Fran também parecia um pouco incomodada, mas não era como se ele tivesse nos causado algum mal. Na verdade, ele até nos deu uma ajuda, então acho que não tínhamos escolha além de perdoa-lo.

— … vou ficar brava na próxima vez.

É mesmo normal para ele apenas sair por aí usando essa habilidade nas pessoas? Sinto que ele ficaria em apuros se a pessoa que ele tentou sacanear acabasse descobrindo. O alvo poderia assumir o uso da habilidade como um sinal de hostilidade e começar uma batalha.

— Sério Mestre da Guilda? Você fez isso de novo? Você gosta tanto assim de pregar peças em todos os novatos promissores?

Parece que isto não era algo tão raro assim. Está mesmo tudo bem para o Mestre da Guilda fazer esse tipo de coisa?

— Você pode apenas soca-lo se ele começar a te irritar Fran.

— Entendido.

— Ótimo, vou estar torcendo por você! Espero que esse nosso Mestre da Guilda estúpido sofra um pouco algum dia.

— Uou Erza, você é terrível.

— Quer dizer, você é o único que sempre está instigando isso só porque eles nunca vão te demitir, então você meio que merece isso.

— Por que nunca demitir?

Eu estava um pouco curioso sobre isso também. Quer dizer, Mestres das Guildas têm autoridade e tudo o mais, mas suas posições estavam longe de serem influentes o bastante para permitir que eles mantivessem seus títulos.

— Bem, sabe, ele é mesmo forte. Ele com certeza é um dos cinco mais fortes de Kranzell. Eu sou uma das mais fortes aventureiras rank B por aqui, mas não chego nem perto de ser páreo para ele, tá? Isso faz sentido querida?

Uou, ele é mesmo tão forte? Quer dizer, os status dele não pareciam tão diferentes, então acho que isso se baseia em quão bem ele aplica suas habilidades. Erza parecia ser do tipo força bruta, então ele provavelmente estaria condenado por ter seus pontos fracos explorados.

— Ele é forte o bastante para ser digno de seu título como Mestre da Guilda de uma cidade contendo dois calabouços diferentes. Mhmm.

Bem, é, ele realmente parece várias vezes mais forte do que a maioria dos outros aventureiros.

— E ele é o único capaz de negociar com o Mestre do Calabouço também. Hum-hum.

Negociar com o Mestre do Calabouço? Que diabos isso deveria significar?

— Negociar?

— Ó, é mesmo, você acabou de chegar aqui. Ulmut ficou muito famosa porque tem dois calabouços, ambos ainda estão vivos. Eles até têm seus Mestres dos Calabouços ainda lá dentro.

— Perigoso.

— Normalmente, sim, mas Ulmut está bem, então não precisa se preocupar docinho.

— Por quê?

— Bom, é porque fizemos um acordo com os Mestres dos Calabouços. Os Mestres concordaram em não fortalecer seus respectivos calabouços não mais do que o absoluto necessário ou dizer a seus monstros para invadirem a cidade. Eles também concordaram em tolerar aventureiros e suas ações dentro dos confins dos calabouços. Em troca, nós fornecemos suprimentos aos Mestres dos Calabouços de fora de seus habitats e concordamos em não tocar neles ou em seus núcleos. Hum-hum.

Ah, entendi. Acho que isto é algo que só se tornou possível com a condição de o Mestre do Calabouço ser de uma raça inteligente. Faz sentido para o Mestre do Calabouço preferir coexistir do que ser destruído por aventureiros de alto nível.

— O Mestre da Guilda foi a primeira pessoa a ter sucesso na negociação com um Mestre do Calabouço. Mhmm. Ele fez isso em seus dias de juventude.

— Puxa, isso foi realmente difícil, e demorou um século.

— Eu não sei o porquê os Mestres dos Calabouços confiarem neste velhote, porém, eles o nomearam como um ponto de interação, então nós meeeeio que não fazemos a menor ideia do que aconteceria com a guilda se ele saísse. Ulmut só existe por seus calabouços, então não há mesmo como alguém demitir o Mestre da Guilda sem causar grandes danos.

— Heh, e você sabe o que isso significa? Eu posso fazer o que quiser, e ninguém pode me impedir.

— Isso não é algo que deveria te fazer agir com uma atitude tão irresponsável!

Puta merda. Acho que preciso de óculos. Eu juro que acabei de ver um homem-mulher repreendendo um velhote da mesma forma que ela faria com um pirralho.

— Mmm, acho que está na hora de eu me retirar.

— Continue com o bom trabalho.

— Você realmente não deveria dizer isso, já que você é quem me faz ter que trabalhar ainda mais duro do que eu deveria!

Quer saber, eu poderia me acostumar com isto. Estou me referindo a interação deles.

— Te vejo mais tarde Fran. Acredito que gostei mesmo de você, então me diga se você precisar de algo. Vou te ajudar se puder. Mhmm, sim eu irei.

— Nn.

— Tchautchauuuu. Muaaaah.

Ó Deus, por quê? Ele acabou de jogar um beijo no final! Puta merda, isso foi perigoso. Eu quase instintivamente movi meu corpo para sair do caminho e me revelei para Dias.

“Mestre, algo errado? Tremendo.”

“Não-não é nada, não se preocupe com isso.”

No entanto, parece que Fran acabou notando.


Tradutor:



Notas

[1] Ilusionismo (ou Prestidigitação) é a arte performativa que tem como objetivo entreter o público dando a ilusão de que algo impossível ou sobrenatural ocorreu. Os praticantes desta atividade designam-se por ilusionistas ou mágicos. Embora os ilusionistas aparentem desafiar as leis da física, na realidade os números por eles criados nada têm de sobrenatural, tratando-se de ilusões realizadas através de meios naturais.

[2] Na mitologia, e no estudo do folclore e religião, um trickster é um deus, deusa, espírito, homem, mulher, ou animal antropomórfico que prega peças ou desobedece a regras normais e normas de comportamento. Enquanto o malandro cruza várias tradições culturais, há diferenças significantes entre malandros nas tradições de muitos povos indígenas e aqueles na tradição euroamericana.

[3] Um Stand é um poder sobrenatural do mangá e anime JoJo’s Bizarre Adventure. Quando apresentado pela primeira vez na parte 3 do mangá, Joseph Joestar se refere ao Stand como “manifestação espiritual”; de certo modo pode-se dizer que o Stand é a manifestação física dos poderes Hamon das séries 1 e 2 do mangá. Já Giorno Giovanna da parte 5 diz que o Stand é uma parte inconsciente da mente de cada pessoa e que cada um tem seu poder variante da personalidade da pessoa (se a pessoa é boa, o poder do Stand é bom; se a pessoa é má, o mesmo está sujeito a acontecer a seu poder Stand).



Fontes
Cores